0800 161 0003

Proposta orçamentária da Mútua, para 2022, é aprovada no Confea

O plenário reunido para a 1ª Sessão Plenária Extraordinária

Os conselheiros federais aprovaram, nesta segunda-feira (21), a proposta orçamentária da Mútua, para 2022, conforme o planejamento e o projeto indicados pela Caixa de Assistência. A decisão ocorreu durante a 1ª Sessão Plenária Extraordinária do ano, no Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea), em Brasília.

Na oportunidade, as tratativas foram conduzidas pelo presidente da Mútua, Francisco Almeida, acompanhado pelos diretores Carlos Vilhena (Benefícios) e Arício Resende (Financeiro).

Em seu relatório, a Comissão de Controle e Sustentabilidade do Sistema (CCSS), sugeriu algumas alterações que, no entendimento da Mútua, não atendiam ao plano de trabalho proposto para o próximo exercício.

“Após muito trabalho, diálogo e resiliência – em conjunto com o relator do pedido de vistas –, nós conseguimos demonstrar, com explicações e dados, que o relatório inicial não estava de acordo com nossa proposta de trabalho”, destacou o presidente da Mútua.

Em sua explanação, Francisco Almeida, apontou que a verba de publicidade é extremamente importante, por exemplo, para ampliar o número de associados. “Pois queremos chegar aos 900 mil profissionais que não conhecem a Mútua”, indicou.

A meta da atual gestão é aumentar em 100% o número de associados – que, atualmente, é de aproximadamente 140 mil profissionais.

Nessa mesma linha, o presidente ressaltou que o Divulga Mútua – programa de convênios de patrocínio – teve mais de R$ 6 milhões investidos para apoiar os Conselhos Regionais, as entidades de classe e a sociedade civil organizada. “O programa registrou um importante aumento orçamentário, de cerca de 115%, em relação à 2021, quando a Mútua trabalhou com uma verba de pouco mais de 2,8 milhões”, pontuou o presidente da Mútua.

Os trabalhos da Sessão Plenária Extraordinária seguem nesta terça-feira

Os diretores executivos da Mútua agradeceram aos conselheiros federais, ao presidente do Confea, Joel Krüger, e aos servidores do órgão, por todo o trabalho e dedicação realizados. Eles também destacaram que os reflexos do investimento nas novas ações serão sentidos diretamente pelos profissionais do Sistema Confea/Crea e Mútua.

“Vamos aos empresários, às indústrias e às cooperativas para mostrar que o Sistema Confea/Crea e Mútua tem uma Caixa de Assistência de verdade, uma caixa de acolhimento, que é a maior do país, com as características da Mútua”, salientou Francisco Almeida.

O presidente destacou, ainda, que a aprovação do orçamento, tal qual foi solicitado pela Mútua, é uma vitória dos profissionais, das regionais e dos colaboradores da Instituição.

Fonte: Alline Abreu e Cristiano Torres – Jornalismo/Comunicação Mútua

Fotos: Marck Castro/Confea