Menu fechado

TecnoPrev – Congresso da Abrapp é realizado em São Paulo

O TecnoPrev, da Mútua, é representado no evento pelo presidente Paulo Guimarães e pelo gerente de Previdência, Rodrigo Castilho

Proporcionar o fortalecimento do sistema de previdência complementar é a principal missão do Congresso Brasileiro da Previdência Complementar Fechada, realizado pela Associação Brasileira das Entidades Fechadas de Previdência Complementar (Abrapp). Este ano, o evento chega a marca de 40 edições com o título de o maior congresso do setor na América Latina.

O espaço Transamerica Expo Center, em São Paulo, recebe desde essa quarta-feira (16), os principais nomes da previdência complementar do país e profissionais de diversas empresas e instituições ligadas ao setor. Representando o TecnoPrev, o plano de previdência complementar da Mútua, estão no evento o presidente da Caixa de Assistência, Paulo Guimarães, e o gerente de Previdência, Rodrigo Castilho.

Até essa sexta-feira, conduzidos pelo tema central “Protagonismo em um mundo sem fronteiras”, os participantes do Congresso cumprem uma agenda intensa de palestras, compartilhamento sobre boas práticas, sessões de debate – as chamadas “insight sessions” – sessões plenárias, lançamentos de publicações da área, entre outras atividades. O evento incentiva o intercâmbio de experiências e debates entre entidades fechadas de previdência complementar, além de ser uma oportunidade de acesso a informações e conceitos inovadores.

São diversos espaços onde ocorrem, simultaneamente, as atividades. No auditório, estão em debate os novos modelos organizacionais das entidades de previdência, como os profissionais podem influenciar as empresas, entre outros. Já no espaço Uniabrapp, os temas enfocam os riscos relacionados à LGDP (Lei Geral de Proteção de Dados), as estratégias de engajamento para os profissionais das entidades, a importância de começar a poupar para a aposentadoria desde a juventude e as mudanças que serão trazidas com a reforma da previdência. Também acontecem apresentações sobre o papel dos conselheiros, com foco em aspectos como a gestão de investimentos, a relação com o dever fiduciário, além da importância da autorregulação para os conselhos.

Entre os palestrantes, estão Oscar Motomura, da consultoria Amana-Key, Ricardo Basaglia, da empresa de recrutamento Michael Page, Ligia Mazurkiewicz, pesquisadora, e os economistas Eduardo Giannetti e José Roberto Rodrigues Afonso, além de especialistas da UniAbrapp, como Luís Ricardo Marcondes, Adriana Vieira, Antônio d’Almeida.

Completando o evento, diversas instituições e empresas estão com estandes próprios para a apresentação de suas atividades e o compartilhamento de boas práticas, como a BB Previdência e a Mongeral Aegon, parceiras da Mútua.

TecnoPrev

Assim como em todos os processos e projetos da Mútua, o TecnoPrev é gerido através de um sistema sólido de gestão de governança corporativa baseado em diretrizes de compliance e princípios rígidos, como a ética, a eficiência, a transparência, a responsabilidade, a participação coletiva e a isonomia.

Atualmente, mais de 65 mil associados da Mútua possuem a cobertura do plano de previdência TecnoPrev, que possui taxa zero de carregamento, possibilita dedução no imposto de renda e conta com uma das melhores rentabilidades do mercado. Além disso, depois de um ano de inscrição, parte da anuidade é creditada na previdência para manutenção dos benefícios previdenciários.

Fonte: Gecom/Mútua (com informações da Abrapp)
Fotos: Abrapp

Post relacionado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

FONTES