Menu fechado

A Engenharia e o desenvolvimento em debate na Assembleia de SE

Sessão teve palestra do presidente do Confea. O presidente da Mútua e os diretores de Tecnologia e de Benefícios acompanharam a exposição.

Joel Krüger, defendeu a necessidade de formar mais engenheiros e agrônomos, para atender às demandas do país. O presidente da Mútua, Paulo Guimarães, esteve à mesa oficial

Os participantes da 3ª Reunião do Colégio de Presidentes do Sistema Confea/Crea e Mútua estiveram, na manhã desta quinta-feira (13), na Assembleia Legislativa de Sergipe (Alese). Eles acompanharam palestra sobre A importância da Engenharia, Agronomia e Geociências no Desenvolvimento do Brasil, proferida pelo presidente do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea), Joel Krüger. Ao falar sobre o tema, o palestrante lembrou que “tudo gira em torno da Engenharia”.

O presidente da Mútua, Paulo Guimarães, o diretor de Tecnologia, Cláudio Calheiros, e o diretor de Benefícios, Jorge Silveira, estiveram presentes; bem como os diretores regionais de Sergipe: Ronald Vieira Donald (geral); José Raimundo Dias da Silva (financeiro) e João Pinto Fontes (administrativo).

O diretor de Tecnologia, Cláudio Calheiros, participou do Colégio de Presidentes. Á esquerda, o diretor geral da Caixa-SE, Ronald Vieira Donald, e à direita, o diretor administrativo da Caixa-SE, João Pinto Fontes

Joel Krünger destacou a importância estratégica na relação com o parlamento. “Nós temos procurado atuar com a Câmara e o Senado, mas é estratégica, também, a relação com as assembleias legislativas, com a Câmara Distrital e com as câmaras de vereadores, porque a Engenharia, a Agronomia e a Geociências lidam com a tecnologia e o desenvolvimento nacional. Então, precisamos de uma relação mais próxima para discutir as questões tecnológicas, a legislação e o orçamento, que pode inviabilizar a execução dos grandes investimentos que nós necessitamos”, ressaltou.

Juntos, o presidente do Crea-PB, e Coordenador do Colégio de Presidentes, Antônio Carlos de Aragão; o diretor geral da Caixa-SE, Ronald Vieira Donald; o presidente da Mútua, Paulo Guimarães; o presidente do Crea-SE, Arício Resende Silva; e o conselheiro federal, João Bosco de Andrade Lima Filho

Depois de historiar sobre a criação e sobre as leis que regem as atividades das profissões reunidas pelo Sistema Confea/Crea e Mútua, e sobre as atividades de normatização e fiscalização da autarquia, Krüger defendeu a necessidade de formar mais engenheiros e agrônomos, para atender às demandas do país. No Brasil, existem 980 mil profissionais registrados. Na Região Nordeste são 150 mil; no estado de Sergipe, são 6,4 mil pessoas registradas e habilitadas para o exercício dessas profissões. A cada 100 mil habitantes, o país apresenta 470 engenheiros. No Nordeste, esse número é de 265 e, no estado de Sergipe, 264.

Aqui, o diretor geral da Caixa-SE, Ronald Vieira Donald; o diretor financeiro da Caixa-SE, José Raimundo Dias da Silva; o presidente da Mútua, Paulo Roberto de Queiroz Guimarães; o diretor administrativo da Caixa-SE, João Pinto Fontes; o presidente do Crea-SE, Arício Resende Silva; e o conselheiro federal, João Bosco de Andrade Lima Filho

Reunião

Nessa quarta-feira (12), na abertura da 3ª Reunião do CP, Paulo Guimarães realizou apresentação das atividades desenvolvidas pela Caixa de Assistência no último período. Entre as informações prestadas, foi mencionada a distinção recebida, pela Mútua, do Centro de Integração Empresa-Escola (CIEE) pela contribuição dada ao desenvolvimento de estudantes brasileiros para o mercado de trabalho; assuntos tratados nas reuniões com as diretorias regionais; o apoio e a participação em Congressos Estaduais de Profissionais (CEPs) e eventos do Sistema; e balanços sobre a evolução do quadro de associados, benefícios concedidos e Tecnoprev.

O diretor de Benefícios da Mútua, Jorge Roberto Silveira, também marcou presença no Colégio de Presidentes. Aqui, junto ao presidente Joel Kruger e ao presidente do Crea-PB, e Coordenador do Colégio de Presidentes, Antônio Carlos de Aragão

O evento faz parte de uma extensa pauta de debates, que ocorrem em Aracaju, até sexta-feira (14). Os debates envolvem temas relevantes para os profissionais da área tecnológica e da sociedade. Amanhã, às 9h, acontece o lançamento da Frente Parlamentar em Defesa da Engenharia, Infraestrutura e Desenvolvimento do Estado de Sergipe.

Fonte: Gecom Mútua / Com informações do Confea e da Alese.

Fotos: Jadilson Simões / Alese.

Post relacionado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

FONTES