Menu fechado

Sessão Especial, na Assembleia Legislativa da Bahia, homenageia os 85 anos do Crea

A Mútua marcou presença na cerimônia, que ocorreu na quinta-feira, 10

O evento reuniu autoridades, imprensa, conselheiros, inspetores, servidores e profissionais registrados no Conselho

No ano em que completa 85 anos de história, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia da Bahia foi homenageado, em Sessão Especial na Assembleia Legislativa, proposta pela deputada estadual Maria Del Carmen, presidente da Frente Parlamentar das Cidades e da Engenharia. O evento aconteceu na quinta-feira (10) e reuniu autoridades, imprensa, conselheiros, inspetores, servidores e profissionais registrados no Conselho.

Representando a Mútua, o diretor geral da Caixa-BA, Emanuel Alves, fez parte da mesa diretiva e defendeu o fortalecimento do Sistema Profissional. “São 85 anos do Crea e 42 anos da Mútua, que chegou com a lei de criação da ART para fortalecer o Sistema. Ambas são importantes para a organização das profissões e para a sociedade”, informou.

Alves destacou ainda que a homenagem deve ser estendida a todos os profissionais. “Muitos ajudaram a construir essa instituição, fortalecendo a missão de defender a sociedade e um dos pilares de desenvolvimento do nosso país”, elogiou Emanuel Alves.

Para o presidente do Crea-BA, Luis Edmundo Campos, é uma satisfação ver a instituição receber a homenagem com a presença de profissionais que ajudaram a construir essa história. “Fico feliz de ver esse plenário cheio de profissionais, já que o Crea existe para atendê-los e também para proteger a sociedade. Foi uma sessão muito bonita, em que foi dada a devida honra ao nosso Conselho”, afirmou.

Em 2018, o Crea-BA realizou cerca de 35 mil atos fiscalizatórios em todo o estado, alcançando as 417 cidades da Bahia. Atualmente, estão registrados no Conselho cerca de 70 mil profissionais e 10 mil empresas das áreas de Engenharia, Agronomia e Geociências.

Fonte e Fotos: Mútua-BA / Com informações do Crea-BA

Post relacionado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

FONTES