Menu fechado

São Paulo encerra ciclo de Congressos Estaduais

Os 27 Creas cumpriram, entre o final de maio e o início do agosto, a etapa estadual do Congresso de Profissionais

Paulo Guimarães fala aos participantes do CEP-SP. Ao centro, Vinicius Marinelli, e na outra ponta, Joel Krüger

O Crea-SP realizou no sábado (3), em Olímpia, com a participação de cerca de 3.000 profissionais, o 10º Congresso Estadual de Profissionais (CEP), que acontece a cada três anos com o objetivo de discutir e propor políticas, estratégias, diretrizes e programas de atuação para os profissionais registrados no Sistema Confea/Crea e Mútua. As proposições homologadas no CEP serão apresentadas no Congresso Nacional de Profissionais (CNP), em setembro, na capital de Tocantins.

Além da votação (pela primeira vez por meio eletrônico) das propostas apresentadas em seis Congressos Regionais (CRPs), com base em eixos temáticos como Inovações Tecnológicas, Recursos Naturais, Infraestrutura, Atuação dos Profissionais e das Empresas de Engenharia, os participantes do CEP definiram uma delegação com 44 profissionais (22 com mandato e 22 sem).

Compuseram o dispositivo de honra do Congresso o presidente do Crea-SP, Vinicius Marchese Marinelli; o presidente do Confea, Joel Krüger; o presidente da Mútua, Paulo Guimarães; o coordenador da Comissão Especial Organizadora Regional do Congresso de Profissionais (COR), Clovis Savio Simões de Paula; o presidente do Crea-RJ, eng. Luiz Antônio Cosenza; o diretor técnico do Crea-SP, Márcio de Almeida Pernambuco; o superintendente de Colegiados do Crea SP, eng. Gumercindo Ferreira da Silva; o membro do Grupo Técnico de Trabalho – CNP do Confea, Renato Muzzolon; e do Coordenador do Colégio de Entidades Regionais de São Paulo – CDER-SP, Mamede Abou Dehn Júnior. Também presente no CEP-SP, o diretor financeiro da Mútua, Juares Samaniego.

Ao centro o conselheiro federal pelo estado de SP, Carlos Eduardo de Vilhena Paiva, com o presidente da Mútua, Paulo Guimarães, e o diretor financeiro, Juares Samaniego

Com o tema “Estratégias da Engenharia e da Agronomia para o Desenvolvimento Nacional”, o CNP é um fórum organizado pelo Confea, apoiado pelos Creas e pelas entidades nacionais, que visa à participação dos profissionais das áreas abrangidas pelo Sistema no desenvolvimento nacional e propiciar maior integração com a sociedade e entidades governamentais.

Na programação da manhã, o presidente do Confea, Joel Krüger, apresentou as principais realizações de sua gestão à frente do Federal, lembrando a todos que “são referentes à nossa agenda exterior, ou seja, aquelas demandas que atendem aos anseios da sociedade”.

Em seguida, o presidente do Crea-SP, Vinicius Marchese Marinelli, apresentou o Relatório de Gestão 2019, com dados comparativos a anos anteriores. “Estamos apresentando esses resultados aos senhores e senhoras basicamente por dois motivos: porque devemos esse tipo de prestação de contas a todos e porque os nossos profissionais são formadores de opinião e apoiadores desta nova cultura no Crea-SP”. Marchese ainda homenageou a equipe de superintendentes e assessores do Conselho.

Na programação da tarde, a Comissão Organizadora Regional do CEP procedeu à apresentação do Regimento do Congresso e das propostas sistematizadas dos encontros regionais. Após a apresentação dos delegados indicados nos CRPs, os profissionais votaram na comitiva que representará o Crea-SP no CNP, em Palmas.

Participantes do Congresso Estadual de Profissionais somaram, junto com o Colégio Estadual de Inspetores, cerca de 3.000 pessoas

 
Fonte: Crea-SP (com inserções)
Fotos: Crea-SP e Mútua

Post relacionado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

FONTES