Menu fechado

Crea-PR realiza o segundo Hackathon

No evento, o diretor Júlio Vercesi Russi realizou uma palestra sobre a Mútua, que apoiou o evento

No segundo Hackathon, um grupo de jovens desenvolveu  aplicativos e soluções para o Crea-PR 

O Hackathon das Engenharias 2019 – o segundo evento do gênero realizado pelo Crea-PR – ocorreu entre sexta-feira (18) e domingo (20), em Cascavel (PR), e envolveu 49 jovens locais e das cidades de Laranjeiras do Sul, Ramilândia, Curitiba, Santa Tereza do Oeste e Toledo. O grupo enfrentou o desafio de desenvolver soluções para dez problemas de fiscalização apresentados pelo Conselho.

Durante o evento, foi realizada uma palestra para os participantes, com o direto Júlio Vercesi Russi 

A Mútua-PR marcou presença com um estande, para divulgar a instituição e os benefícios disponíveis para os associados. Além disso, na ocasião, o diretor geral da Caixa de Assistência, Júlio Cesar Vercesi Russi, apresentou uma palestra institucional para os participantes. “É um evento que conta com o apoio da Mútua, focado em elaborar e aprimorar aplicativos para o Conselho. É uma maratona de atividades importante, já que traz resultados diretos para o Sistema”, explica.

“A meta do Crea-PR é ser uma autarquia moderna, ágil e inovadora. A inovação é necessária para qualquer organização sobreviver e é isso que buscamos com a maratona; inovação!”, destacou o presidente do Crea-PR, Ricardo Rocha.

Antes de se aprofundarem na busca por soluções para as questões apresentadas, os jovens participantes do Hackathon ouviram uma explanação do professor da Universidade Norte do Paraná (Unopar), Fernando Boltelho, sobre prototipagem. “A ideia é começar a desenvolver o conceito em um protótipo básico, ao invés de partir direto para o desenvolvimento da solução. Muito importante também pensar na usabilidade e na interface que precisa ser criada para uso do cliente, que nem sempre se dá em um escritório”, destacou Fernando Botelho.

Fonte: Gecom Mútua / Com informações do Crea-PR.

Foto: Caixa-PR.

Post relacionado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

FONTES