Menu fechado

Associado visita a Caixa-BA para agradecer o apoio recebido durante tratamento de saúde

Dificuldades financeiras foram causadas por uma AVC. Auxilio Pecuniário, da Mútua, foi fundamental no tratamento e recuperação do profissional Roberval Negreiros

O associado Roberval Negreiros conversa com o técnico Edson Machado Guimarães, em visita de agradecimento à Mútua-BA

O técnico em Segurança do Trabalho Roberval Negreiros esteve na Regional da Bahia, nesta semana, para agradecer aos colaboradores e diretores da Caixa-BA pelo apoio que recebeu depois de dificuldades financeiras enfrentadas pelo profissional, em decorrência de um acidente vascular cerebral.

Roberval requisitou o Auxílio Pecuniário em duas oportunidades, em 2015 e em 2016, para custear o período sem trabalhar e o tratamento; além de uma viagem ao Rio de Janeiro, onde realizou procedimento médico necessário para sua plena recuperação.

“Após o susto inicial, minha situação financeira se agravou. Com dois filhos em idade escolar e minha esposa desempregada, precisei recorrer a Mútua”, relatou. Roberval agradeceu especialmente à contribuição dos colaboradores e de diretores de gestões anteriores – cuja preocupação se traduziu, inclusive, em visitas à família.

“Passei para visitar e informar que estou 100% curado. Não tenho mais nenhum resquício da hemorragia, fiquei sem sequelas e sigo fazendo acompanhamento anual, aqui em Salvador mesmo. A Mútua-BA, sem dúvida, fez diferença na minha vida e na recuperação”, agradeceu.

Auxílio

O benefício social Auxílio Pecuniário tem a finalidade de conceder ajuda de custo por meio de auxílio financeiro mensal ao associado carente de recursos e em evidente necessidade de sobrevivência. Para receber o benefício é preciso ser associado da Mútua há mais de 1 ano e estar em dia com os pagamentos das anuidades.

O auxílio mensal é de até três salários mínimos, vigentes no país, por período de até 4 meses; e pode ser prorrogado por igual período, até o máximo de 12 meses, a critério da Diretoria Executiva e condicionado à disponibilidade financeira da Mútua.

A evidente necessidade de sobrevivência e a carência de recursos devem ser comprovadas pelo associado por meio de carta à Mútua. Além de informar a falta de recursos e especificar a previsão de gastos, conforme disposto no Regulamento do Benefício Social Auxílio Pecuniário.

Mais informações podem ser obtidas aqui.

Fonte: Gecom Mútua / Com informações da Caixa-BA.
Fotos: Caixa-BA.

Post relacionado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

FONTES