Curso de Engenharia Civil da Univale realiza Seminário

Acontece no dia 12 de novembro, a partir das 18h, o seminário “Cidades Sustentáveis, Acessibilidade e Permeabilidade Urbana” promovido pelo curso de Engenharia Civil da Univale em parceria com a Associação Brasileira de Cimento Portland (ABCP). O evento é destinado para estudantes de Engenharia,  Arquitetura e Urbanismo, profissionais técnicos, prefeitos, secretários de obras, transportes e planejamento urbano – municipais e estaduais, engenheiros, arquitetos, fabricantes de piso intertravados e artefatos de concreto. 
O seminário tem o objetivo de discutir a importância da acessibilidade e mobilidade urbanas, aplicabilidade do piso intertravado e piso permeável em vias de circulação urbana, além de abordar aspectos técnicos para elaboração de projeto e recomendações de boas práticas de utilização.
De acordo com a coordenadora do curso de Engenharia Civil da Univale, profª Adriana de Oliveira Leite Coelho, durante o seminário também serão abordados assuntos relacionados à sustentabilidade urbana e apresentação do programa soluções para cidades.
A participação no evento é gratuita, e as vagas são limitadas. Os interessados em participar devem se inscrever pelo telefone (31)3223-0721, ou pelo email: abcpmg@terra.com.br.
O seminário acontece no Auditório Hermírio Gomes, localizado na rua Israel Pinheiro, 2000, bairro Universitário, Campus II da Univale.
Sobre a Associação Brasileira de Cimento Portland (ABCP):  
A Associação Brasileira de Cimento Portland (ABCP) foi fundada em 1936 com o objetivo de promover estudos sobre o cimento e suas aplicações. É uma entidade sem fins lucrativos, mantida voluntariamente pela indústria brasileira do cimento, que compõe seu quadro de associados. Reconhecida nacional e internacionalmente como centro de referência em tecnologia do cimento, a entidade tem usado sua expertise para o suporte a grandes obras da engenharia brasileira e para a transferência de tecnologia das mais diversas formas, como a promoção de cursos de aperfeiçoamento e formação, seminários e eventos técnicos, a parceria com dezenas de universidades, escolas e instituições de pesquisa do país, apoio às indústrias de produtos à base de cimento, publicação de livros, revistas e documentos técnico e suporte à geração de normas técnicas brasileiras, no âmbito do CB-18.

Fonte: Univale

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.