Menu fechado

Dinamarqueses apresentam soluções em engenharia submarina

Aproximadamente 60 representantes do governo e da indústria dinamarquesa, incluindo o ministro de Economia e Negócio do país, Brian Arthur Mikkelsen, visitaram-no dia 16 de junho (quinta-feira), as instalações da Petrobras no Parque de Tubos, em Macaé, onde foram recebidos por executivos e técnicos da companhia. O objetivo foi apresentar soluções de engenharia submarina e outros segmentos da atividade offshore desenvolvidas pelas empresas da Dinamarca, a fim de e estreitar as relações de cooperação e econômicas com a estatal brasileira.

 

Inserido na programação da Feira Brasil Offshore, que até o dia 17 de junho (sexta-feira), reúne no município do norte fluminense representantes de 37 países, o encontro entre a delegação e a Petrobras também serviu para apresentar aos visitantes detalhes sobre a atuação da companhia na Bacia de Campos.

De acordo com o gerente geral da Unidade de Serviços Submarinos, Maurício Diniz, os desafios da empresa não estão exclusivamente voltados para o pré-sal, mas também para as novas descobertas e a produtividade dos campos maduros. "As atividades da Petrobras não se restringem ao pré-sal, apesar do grande desafio que ele se configura. Estamos atuando fortemente em outras frentes, tais como na ampliação da vida produtiva de nossos campos maduros e em novas descobertas, e conhecer o que é produzido pelas pequenas e médias empresas estrangeiras pode ser de grande valia", disse.

Durante a visita, os executivos das companhias dinamarquesas apresentaram seus produtos aos técnicos da Petrobras. Para Maurício Diniz, este é um primeiro contato que poderá influenciar essas empresas a investirem no Brasil, implantando novas indústrias, gerando empregos e aumentando o conteúdo nacional no setor petróleo.

A expectativa dos visitantes é que, a partir deste contato entre os empresários dinamarqueses e a Petrobras, novas possibilidades de negócios sejam visualizadas tanto pela estatal brasileira, quanto pelos executivos do país europeu. "Estamos muito felizes com essa visita e preparados para atender a companhia, caso haja demanda. Nossos interesse em estreitar as relações com a companhia brasileira é muito grande", disse o ministro da Economia e Negócio da Dinamarca, Brian Arthur Mikkelsen.

Além do ministro, participaram do encontro vice-cônsul Peter Henrik Eflandq, o embaixador Svend Roed Nielsen, o secretário de Estado Econômico Permanente Michael Dithmer, o embaixador comercial Henning Dyremose e o secretário internacional da Economia do país Troels Blicher Danielsen, além de empresários.

Post relacionado

FONTES