Atuação da Mútua também é elogiada no CP

Depois dos conselheiros federais na última Sessão Plenária, presidentes de Creas destacam agenda proativa da Instituição durante reunião do CP


Paulo Guimarães apresentou o relatório de atividades da Mútua

No segundo dia da reunião do Colégio de Presidentes em Belém (11), o presidente da Mútua, Paulo Guimarães, fez a apresentação do relatório de atividades da Instituição, mostrando os indicadores e ações destes quatro primeiros meses de 2017. As iniciativas promovidas e planejadas para o Jubileu de Rubi da Mútua dominaram a explanação, além dos novos projetos que estão sendo implementados até o final da gestão.

O presidente da Mútua destacou o andamento de algumas das propostas elencadas na Carta de Serviços da Mútua, como os programas de bolsa de estudos na área tecnológica para estudantes carentes e filhos de associados; de Inclusão da pessoa com deficiência no mercado de trabalho, a Universidade Corporativa Mútua – cujos estudos já foram desenvolvidos – e o processo de contratação de novos modelos de planos de saúde, visando a atender os associados de forma mais adequada às suas necessidades e capacidade financeira.


Presidentes de Creas e diretores da Mútua – Francisco Almeida (Crea-GO), Joel Kruger (Crea-PR), Melvis Barrios (Crea-RS), Julio Fialkoski (Mútua), Nélio Alencar (Crea-RO) e Dirson Freitag (Crea-MS), em pé; Gerson Taguatinga (Mútua), Marcelo Maia (Crea-TO), Marcelo Morais (Mútua) e Jorge Silveira (Mútua), sentados

Presidentes de Creas destacam agenda proativa da Mútua

Após a fala de Guimarães, presidentes de Creas fizeram suas ponderações sobre o conteúdo mostrado e, além disso, reiteraram aspectos relevantes do perfil gerencial atualmente adotado na Mútua. “A Direx da Mútua tem apoiado muito os profissionais do Acre por meio do Crea e da Regional e a realização de eventos, como foi a Semana da Engenharia. Os Creas pequenos precisam desse apoio para realizar novas atividades para os profissionais. Também quero parabenizar a Diretoria pela decisão de ajudar no custeio das delegações dos Creas para a SOEA. Com isso, a Mútua mostra que entende o momento que passamos e que precisamos estar fortalecidos na Semana Oficial da Engenharia e da Agronomia”, ressaltou a presidente do Crea-AC, Carminda Luzia da Silva Pinheiro.

Tendo sido diretor da Mútua-PA, Elias Lima, presidente do Crea-PA, disse que é com muito contento que acompanha o crescimento da Instituição. “Vemos esses dados e ficamos muito satisfeitos, principalmente aqueles que, como eu, já passaram pela Mútua”, afirmou. Parabenizando a Mútua por todo o trabalho, o presidente do Crea-DF, Flávio Correia, falou sobre o trabalho em conjunto com a Mútua do projeto piloto do SisART. Ainda sobre o Sistema de Gerenciamento da ART, o diretor de Tecnologia da Mútua, Marcelo Morais, esclareceu que a implantação do SisART no Regional da capital federal está dependendo apenas de alguns ajustes e que, nos próximos dias, ele e a equipe de TI da Mútua vão até o Crea para acompanhar o andamento da implantação. Morais também informou que os Creas da BA, SC e RS estão em tratativas com a Mútua para alocarem o novo sistema.

Destacando o trabalho dos diretores executivos e regionais, Nélio Alencar, presidente do Crea-RO, também evidenciou o papel dos colaboradores da Caixa de Assistência nos avanços alcançados recentemente. “Sentimos que a Mútua está mais presente, mais próxima dos associados, levando importantes benefícios e inovando em seus projetos”, ponderou. O conceito de que a Mútua é uma instituição em constante construção foi lembrado pelo presidente do Crea-PE, Evandro Alencar. “Temos ficado muito felizes com a postura da Mútua, pois desde a gestão anterior, sentimos que a Instituição está mais madura. A atual gestão ampliou os projetos e já promoveu muitos avanços. A visibilidade da Mútua está melhorando a cada dia”, reconheceu.

A decisão da Diretoria da Mútua em reajustar os valores de repasse aos Creas para custeio das delegações na SOEA foi o tema frisado pela presidente do Crea-PB, Giucélia Araújo de Figueiredo. “Tenho que registar e reconhecer que foi com toda presteza que a Direx da Mútua acolheu essa nossa demanda e prontamente nos deu uma resposta”, sublinhou. Da mesma forma, o presidente do Crea-PI, Paulo Roberto Ferreira de Oliveira, disse reconhecer os avanços da Caixa de Assistência e, por meio de menção ao diretor de Tecnologia da Mútua, seu conterrâneo Marcelo Morais, cumprimentou a Direx.

A Diretoria Executiva da Mútua agradeceu as manifestações de apoio e reconhecimento proferidas pelos presidentes de Creas. Marcelo Morais disse que ouviu um comentário de que “a Instituição está apenas cumprindo aquilo que está disposto na legislação que a rege”. E reforçou: “É isso mesmo! Tudo o que está previsto na Lei [nº 6.496] está sendo objeto de novos projetos que estão em fase de encaminhamento ao Confea, apenas restando os que tratam dos auxílios para medicamento e odontológico”, afirmou. Ele completou sua fala agradecendo o apoio dispensado à Diretoria da Mútua. “Não se faz nada sozinho, só estamos conseguindo fazer nosso trabalho porque os outros que passaram pela Mútua vêm construindo essa história. E a Mútua não faz nada sem o Confea e sem esse Colégio de Presidentes”, frisou.

Paulo Guimarães também reconheceu a importância de todo o Sistema para o sucesso da Mútua. “Temos recebido todo o apoio do Confea e dos Creas. Ressalto aqui, também, a contribuição dos nossos diretores regionais para que possamos pensar juntos nossos objetivos e, ainda, agradeço aos meus colegas de Diretoria, Jorge Silveira, Gerson Taguatinga, Julio Fialkoski e Marcelo Morais, e todos os senhores pelo apoio. É com grata felicidade que recebemos todas as manifestações e os novos desafios aqui colocados para que nossa agenda proativa continue, cada vez mais condizente com as expectativas dos profissionais”, frizou.

 

Fonte e fotos: Gecom/Mútua

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.