Setor da construção perde mais de 358 mil empregos formais em 2016

Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego, revelam que o setor da construção perdeu 358.679 empregos formais em 2016. Em dezembro foram 82.567 postos a menos no setor. O resultado, porém, mostra ritmo de perda de empregos formais inferior ao mesmo período do ano passado (-102.660), sendo o segundo pior resultado em percentual de redução do estoque para o mês de dezembro (-3,47%) desde 1992, só perdendo para o ano passado (-3,73%).

De acordo com a pesquisa, o setor registrou a maior perda de seu estoque em termos percentuais nas bases mensal, anual e 12 meses, e o terceiro em termos absolutos, perdendo para o setor de serviços (-157.654) e para a indústria de transformação (-130.599). Sendo o único setor econômico com dois dígitos (-13,48%) de variação negativa de seu estoque no ano de 2016. O estoque da construção, na série sem ajuste, em dezembro 2016 é de 2.299.912 (na mesma série já foi de 3.075.250 em dezembro de 2014).

Fonte: Sinduscon-DF

Compartilhe essa postagem:

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.