Segunda edição da Semana de Conciliação da Mútua-RN tem balanço positivo

O diretor geral, Mário Amorim (primeiro a partir da direita), com a equipe envolvida na Semana de Conciliação: Everton dos Santos, Adriana da Silva, Igor Vasconcelos e Maria Aparecida Rodrigues

Um ano e meio após a realização da primeira edição da Semana de Conciliação da Mútua no estado, a Regional potiguar da Caixa de Assistência ofereceu novamente aos associados com débitos em benefícios reembolsáveis a oportunidade de regularizarem seus contratos com vantagens específicas do programa de renegociação.

A Semana de Conciliação da Mútua-RN 2018 aconteceu entre os dias 24 e 28 de setembro e estiveram em análise benefícios em atraso da própria Regional e, também, oriundos da Mútua Sede referentes a mutualistas residentes no estado.
Durante os sete dias, 125 casos estiveram em pauta. Levando-se em consideração o histórico de cada contrato, bem como a situação individual de cada associado e suas opções de pagamento, três tipos de renegociação foram possíveis: 30 casos de escalonamento, em que houve a mudança de vencimento de parcelas para o final do contrato; emissão de 65 novas propostas de pagamento, com quase 20% desse total já em fase de aceite e assinatura de Termo Aditivo ao contrato inicial; e abatimento de parcelas de 30 contratos, sem a cobrança de juros e multa.

O diretor geral da Mútua-RN, Mário Varela Amorim, destaca que as vantagens da campanha atendem tanto a Mútua, quanto aos mutualistas. “É uma oportunidade que a Mútua oferece aos associados que, devido a acontecimentos diversos da vida, não puderam cumprir com suas obrigações com a Caixa de Assistência. Além disso, o projeto oportuniza uma maior interação com os mutualistas, e isso sempre é muito bom e são nesses encontros que surgem soluções para a melhoria da Instituição”, ressalta.

As ações de controle foram intensificadas pela Mútua nos últimos anos, o que trouxe resultados bem positivos para a Instituição. A cobrança está sendo feita de forma mais preventiva e, aliada à implantação da Semana de Conciliação, que se distingue como um programa voltado à recuperação dos débitos mais antigos por meio de renegociação com critérios diferenciados, o índice de inadimplência reduziu consideravelmente.

Nesse sentido, 26 Regionais já realizaram pelo menos uma edição do projeto e, como a Caixa RN, outros estados já preparam suas Semanas de Conciliação 2018.

Compartilhe essa postagem:

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.