Realizado no Confea painel do TCU sobre auditoria de programa habitacional

O presidente do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea), eng. civ. José Tadeu da Silva, marcou presença nesta segunda-feira (14) no painel organizado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) em que foram apresentadas as conclusões da auditoria no Minha Casa Minha Vida, programa habitacional promovido pelo governo brasileiro.
Entre os especialistas convidados, José Tadeu teve acesso às evidências apontadas pelo TCU e às recomendações propostas no trabalho. Na lista de aspectos fiscalizados, estiveram  qualidade das construções, adaptação para pessoas com deficiência, sustentabilidade ambiental e energética, combate à exclusão social e integração com outras políticas públicas, custos acessíveis e forma de seleção dos beneficiários.
Para o presidente, o programa Minha Casa Minha Vida é muito importante para o atendimento do interesse social. “Esse trabalho do tribunal certamente irá contribuir para o aprimoramento do programa a fim de suprir o déficit habitacional no País, com qualidade, economia e segurança”, pontua José Tadeu.
De acordo com o coordenador da auditoria, Gustavo Olkowski, o trabalho visa “corrigir daqui para frente qualquer falha no programa e apontar para os envolvidos as oportunidades de melhoria”. Daí a importância de o documento ser apresentado em um encontro com especialistas do Ministério das Cidades, da Caixa Econômica, do Banco do Brasil, além de representantes do Confea, do Conselho de Arquitetura e Urbanismo e da Universidade de Brasília.
As contribuições apontadas ao longo do painel serão consideradas pelo TCU. “Vamos analisar a viabilidade de incorporar as sugestões dos participantes ao relatório”, afirmou o coordenador. Depois disso, o documento consolidado seguirá para o ministro-relator, Augusto Sherman.

Fonte: Confea

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.