Programação da Mútua na Soea é encerrada com apresentação de parceiros

A programação da Caixa de Assistência dos Profissionais do Crea durante a 74ª Soea se encerrou nesta sexta-feira (11), último dia do evento que teve início no dia 8 de agosto, em Belém (PA). Parceiros estiveram junto com a Mútua durante toda a 74ª edição da SOEA, com espaços no estande da Caixa de Assistência na ExpoSoea, e realizaram apresentações e demonstrações de seus produtos aos visitantes da feira.

A primeira parceira a se apresentar foi a empresa de tecnologia TechnoUp, representada por um de seus idealizadores, Almir Roberto Negri. Especializada em desenvolver e manter soluções para dispositivos móveis que facilitem a gestão de obras, a empresa é parceira da Mútua no aplicativo Minha Casa Nova.

Feito de forma simples e intuitiva para que engenheiros, técnicos, arquitetos e proprietários possam realizar toda a gestão da obra, desde o planejamento até a conclusão, o aplicativo já teve mais de 21 mil downloads e conta com a logomarca da Mútua, por onde o profissional do Crea pode acessar diretamente o site da Instituição e conferir as informações sobre tudo o que a Mútua oferece aos profissionais associados.

De acordo com Negri são 18 fases disponíveis no APP, que vão do planejamento à documentação final, formando uma lista de itens a serem executados, onde é possível registrar as datas de conclusão, ter uma relação de materiais, lançar despesas e comparar o que foi planejado com o que foi executado.

Além disso, é possível fazer uma espécie de “diário da obra”, visualizar relatórios e gráficos e cadastrar a documentação, como ARTs, matrículas e alvarás. Para os engenheiros, técnicos e arquitetos existe uma área restrita, onde é permitido acompanhar, consultar e alterar os dados das obras dos clientes. “Agradeço à Mútua, que desde a edição anterior da SOEA, em Foz do Iguaçu, abraçou nosso projeto, possibilitando seu crescimento e desenvolvimento. Desde então já foram feitas 5 atualizações, sempre adequando o sistema às necessidades dos profissionais”, pontuou Negri.

HandsFree

Na sequência o “Momento Mútua” recebeu a apresentação do diretor-presidente do Instituto HandsFree de Tecnologias Assistivas, Sérgio Maymone, que apresentou o Instituto – primeiro parceira da Caixa de Assistência no Programa de Inclusão da Mútua (PIM), que visa atender aos associados e dependentes com deficiência física e intelectual, com financiamentos para tratamentos de saúde e aquisição de equipamentos adaptados, doações de sistemas de tecnologias assistivas e ofertas de condições especiais em produtos e serviços.

O HandsFree é uma instituição sem fins lucrativos que nasceu em 2015 com o objetivo de desenvolver, apoiar, divulgar e distribuir projetos de tecnologias inovadoras, de alta qualidade e de baixo custo para pessoas com deficiências físicas e motoras.

Os projetos desenvolvidos pelo Instituto – que não realiza patente de suas criações e tem planos de expansão para plataforma colaborativa – visam a autonomia de pessoas com deficiência, para que realizem atividades cotidianas, promovendo a inclusão social, digital e profissional e proporcionando o empoderamento e valorização da pessoa com deficiência.

 

Fonte e fotos: Gecom/Mútua

Compartilhe essa postagem:

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.