Programa de Inclusão da Mútua é destaque em reunião Plenária do Confea

Teve início na manhã desta quarta-feira (27), em Brasília, a Sessão Plenária nº 1443 do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea). Compuseram a mesa da reunião o presidente em exercício do Confea, Daniel Salati, e o diretor de Tecnologia da Mútua, Marcelo de Oliveira Morais, além do coordenador do Colégio de Presidentes, Modesto dos Santos, o presidente da Confaeab, Ângelo Petto Neto, e o coordenador da Coordenadoria de Câmaras Especializadas de Engenharia Industrial, Alberto Lopes Peres Junior.

Durante a abertura dos trabalhos, Salati lembrou o sucesso do seminário internacional “Acessibilidade e Inclusão: Expressão da Cidadania”, que o Sistema Confea/Crea e Mútua, o Tribunal de Contas da União (TCU) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) realizaram nos dias 20 e 21 de setembro. Durante o evento o Confea lançou o Selo de acessibilidade para projetos e obras de Engenharia, e a Mútua apresentou seu Programa de Inclusão (PIM), lançado há dez meses, que objetiva atender às necessidades dos profissionais e seus dependentes que tenham algum tipo de deficiência.

“O evento foi muito produtivo, e todo o trabalho apresentado mostra a preocupação e o cuidado de todo o Sistema – o Confea, os Creas e a Mútua – com a inclusão e a melhoria da qualidade de vida das pessoas com deficiência através destes projetos louváveis”, elogiou o presidente em exercício do Confea. Salati informou, ainda, que na próxima reunião plenária o tempo de explanação da Caixa de Assistência será dividido em dois momentos, a fim de contemplar a a apresentação dos trabalhos realizados nos eventos preparatórios para o Fórum Mundial da Água.

Apresentação

Na sequência, após os informes das Comissões do Conselho, foi iniciada a apresentação institucional da Caixa de Assistência, realizada pelo diretor de Tecnologia da Instituição. O destaque, novamente, ficou a cargo das atividades do PIM, com o relato da participação no Seminário; da entrega do primeiro kit Handsfree a um associado de Joinville (SC); e da visita ao Presidente do TCU, ministro Raimundo Carreiro, e ao vice-presidente do Órgão, ministro José Múcio Monteiro.

“Como forma de agradecimento à imensa receptividade e reconhecimento dos projetos de inclusão promovidos pelo Sistema durante o Seminário, fizemos ontem (26) essa visita aos ministros do TCU, em que realizamos a entrega da réplica do Selo da Engenharia Acessível, reafirmando essa parceria”, frisou Morais.

As ações ligadas ao Fórum Mundial da Água, que será realizado de 18 a 23 de março em Brasília, e aos eventos preparatórios para o evento que vem sendo promovidos pelo Sistema também foram abordadas durante a apresentação. De acordo com o diretor da Mútua, na próxima reunião plenária do Conselho, a Caixa de Assistência apresentará uma prévia do Plano de Ação para a participação no Fórum, que deverá ser apreciado pelo Plenário.

Pedindo uso da Palavra, o conselheiro federal Lúcio Ivar do Sul, elogiou o empenho da Mútua com relação ao Fórum, colocando a Comissão do Contecc à disposição para todo o processo que antecede o evento e frisando a intenção da participação do Contecc no mesmo. Também fazendo uso da palavra, o conselheiro Alessandro José Macedo Machado, elogiou a iniciativa da Mútua com o PIM. “Espero que o projeto se torne um sucesso em todo país, levando, juntamente como o selo da acessibilidade, mais qualidade de vida aos nossos profissionais com deficiência”.

Foram apresentadas, ainda, outras ações da Mútua, como a divulgação do novo calendário eleitoral, das Semanas de Conciliação – campanhas realizadas junto às Regionais da Mútua para renegociação de valores em aberto com associados e redução da inadimplência -, e a participação no XXX CBA, realizado na capital cearense e que teve como pauta o tema Segurança Hídrica. A apresentação contemplou, ainda, dados do último mês com relação ao número de benefícios concedidos, de novos associados, de arrecadação e de rentabilidade do Tecnoprev, dentre outros dados.

Metas da Diretoria

O diretor de Tecnologia afirmou que a grande meta da atual diretoria é estar cada vez mais próxima da Mútua Ideal. “Até o mês de agosto de 2018, quando se encerram nossos mandatos, queremos contemplar todo o art. 12 da lei que instituiu a Caixa de Assistência, com a implementação do programa de Bolsas de Estudo, da Universidade Corporativa e também do plano odontológico”.

Ao fim da apresentação o diretor da Mútua convidou os conselheiros a visitarem a Mútua conhecerem a fundo a Instituição. “Nossa equipe está sempre à disposição e a casa de portas abertas para esclarecimento de dúvidas. É também a partir das cobranças e questionamentos de vocês que podemos melhorar e evoluir enquanto instituição”, finalizou.

Fonte: Gecom/Mútua

Compartilhe essa postagem:

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.