Profissionais de Roraima cumprem agenda do 8º CEP

O “Painel Mútua”, com o eng. Darc Costa, integrou a programação do evento

Neovanio Lima, diretor geral da Mútua-RR, registrou a parceria com o Crea. À direita, Darc Costa, palestrante oficial do “Painel Mútua”

Nos dias 16 e 17 de julho, após realizar quatro Encontros Microrregionais, o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Roraima (Crea-RR) promoveu o 8º Congresso Estadual de Profissionais (CEP). A programação incluiu a deliberação de propostas, palestras e a eleição da delegação que representará o estado no 10º Congresso Nacional de Profissionais (CNP), que ocorrerá de 19 a 21 de setembro, em Palmas (TO).

A Diretoria Regional da Mútua-RR esteve presente, com a participação de Neovanio Soares Lima (diretor geral) e Jorge da Silva Barbosa (diretor administrativo). Neovanio Lima integrou a mesa principal da abertura solene, quando reforçou aos presentes o papel da Mútua e a parceria com o Conselho Regional na busca constante por melhorias para os profissionais e a sociedade.

Fazendo uma verdadeira peregrinação por CEPs de todo o país, o engenheiro e ex vice-presidente do BNDES, Darc Costa, também esteve em Boa Vista apresentando o “Painel Mútua”. O assunto abordado por Costa em todas as suas passagens pelos eventos do Sistema, tem sido o tema central elencado para essa décima rodada de Congressos Estaduais e para o Nacional: Estratégias da Engenharia e da Agronomia para o Desenvolvimento Nacional.

Em sua explanação, o engenheiro defende a retomada de um projeto nacional. Ele afirma que só quando o Brasil reconstruir o seu projeto de país, com políticas dirigidas à indústria brasileira e outros incentivos para a economia, é que haverá resposta para os grandes desafios, como o crescimento e a redução da desigualdade social.

A necessidade da retomada de um projeto nacional foi o alerta deixado pelo ex vice-presidente do BNDES

 

Fonte: Gecom/Mútua

Fotos: Crea-RR

Compartilhe essa postagem:

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.