Presidentes de Creas visitam a Mútua

Direx com os presidentes dos Creas AC, AL e PB. A partir da esquerda: Marcelo Morais (diretor de Tecnologia da Mútua), Carminda Pinheiro (Crea-AC), Paulo Guimarães (presidente da Mútua), Giucélia de Figueiredo (Crea-PB), Fernando Dacal (Crea-AL), Júlio Fialkoski e Gerson Taguatinga (respectivamente, diretores administrativo e financeiro da Mútua)

Nesta terça-feira (14), a Diretoria Executiva da Mútua recebeu em sua Sede, em Brasília, a visita dos presidentes do Crea-AC, engª agrônoma Carminda Luzia Silva Pinheiro, do Crea-AL, eng. civil Fernando Dacal Reis, e do Crea-PB, engª agrônoma Giucélia Araújo de Figueiredo.

Foram temas da reunião parcerias de divulgação e valorização da Anotação de Responsabilidade Técnica (ART), projetos de fiscalização, eventos regionais e a 74ª Semana Oficial da Engenharia e da Agronomia (Soea), que será realizada de 8 a 11 de agosto deste ano, em Belém (PA). Após a reunião, os convidados conheceram parte das dependências da Mútua.

Creas terão implantado, em breve, o SisART, que integra informações por meio da padronização dos formulários de preenchimento e centralização em base de dados nacional

A Gerência de Tecnologia da Informação (GTI) foi uma das áreas visitadas. Os convidados ficaram bastante impressionados com a formação profissional da equipe, que desenvolveu, entre outros programas, o Sistema Nacional de Gerenciamento de ART (SisART), cuja plataforma visa a integração das informações de ARTs em todo o território nacional.

Os presidentes estiveram na Mútua aproveitando sua estada em Brasília, onde participaram, no Conselho Federal de Engenharia e Agronomia, da segunda reunião extraordinária do Comitê Gestor do Prodesu, o Programa de Desenvolvimento Sustentável do Sistema Confea/Crea e Mútua. O Programa tem como objetivo angariar e gerenciar recursos orçamentários para atividades voltadas à implementação de políticas de sustentabilidade do Sistema.

Fonte e fotos: Gecom/Mútua

Compartilhe essa postagem:

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.