Novembro Azul na Mútua conscientiza colaboradores e associados sobre os cuidados com a saúde do homem

Renato Barra falou sobre a prevenção, fatores de risco e tratamentos do câncer de próstata e tirou dúvidas dos colaboradores da Sede da Mútua

Concluindo por mais um ano sua participação na campanha de conscientização sobre os cuidados para prevenção do câncer de próstata – o Novembro Azul – a Mútua, com o apoio do grupo Imagens Médicas de Brasília (Imeb), promoveu palestra educativa para seus colaboradores da capital federal.
O médico do Imeb, Renato Barra, mais uma vez atendeu ao convite da Caixa de Assistência e fez um bate papo com os colaboradores, apontando os fatores de risco para o aparecimento do câncer de próstata, cuidados preventivos – entre eles consultas anuais com urologista e a realização dos dois principais exames de diagnóstico (PSA e exame de toque) – e formas de tratamento da doença.
Preconceito e cultura. Esses dois fatores foram apontados pelo médico como os motivadores que impedem muitos homens de realizarem anualmente o check-up urológico. “A indicação pela Sociedade Brasileira de Urologia é de que todos os homens a partir dos 50 anos se consultem anualmente com o urologista e façam os exames PSA e de toque. Aqueles que possuem os fatores de risco a partir dos 45 anos. A realização dos dois exames é muito importante, pois eles são complementares”, explicou.

Fatores de risco
Os fatores de risco para o câncer de próstata são: histórico familiar de casos de câncer de próstata em parentes de primeiro grau, obesidade e hábitos alimentares e estilo de vida inadequados. Homens negros também têm mais propensão ao surgimento da doença.
Conforme Barra explicou, além da atenção aos fatores de risco, realizar os exames é o melhor caminho para a detecção precoce, fator fundamental no tratamento. Somado a isso, segundo ele, descobrir a doença em estágio inicial também ajuda que o paciente não fique com sequelas. “Sequelas, hoje, são raras de acontecer devido aos avanços nos tratamentos, que são mais seguros e menos invasivos, mas podem sim ocorrer”, afirmou.
As mulheres que, normalmente, têm maior cuidado com os check-ups de rotina, são muito importantes na conscientização dos homens. “Que vocês (mulheres) levem essas informações aos seus esposos, filhos, irmãos, pais e demais parentes e amigos”, pediu o médico, que ainda convidou os colaboradores da Mútua para participarem do Programa Imeb de Educação Continuada, que mensalmente e de forma gratuita, leva informações sobre prevenção de doenças e cuidados com a saúde.

Números do câncer de próstata

No Brasil, o câncer de próstata é o segundo que mais acomete os homens, ficando atrás do câncer de pele. Cerca de 28% dos homens no país têm a doença, representando 61 mil novos casos todos os anos e 14 mil mortes. A estimativa é de que apenas 20% dos homens na faixa etária indicada para realizar os exames preventivos os façam anualmente.
Novembro Azul na Mútua

A Mútua e suas Regionais todos os anos abraçam a campanha, organizando diversas ações de conscientização entre seus colaboradores, com o objetivo de informar e sensibilizar sobre a importância da prevenção e dos exames periódicos para a saúde dos homens. Material informativo e lacinhos de lapela na cor azul foram distribuídos e peças de divulgação foram publicadas nas redes sociais da Mútua.

Ações alusivas à campanha também foram promovidas nas Regionais

O Novembro Azul foi lembrado com equipes da Mútua vestindo a cor do movimento

Fonte e fotos: Gecom/Mútua e Regionais

Compartilhe essa postagem:

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.