Nova Diretoria da Mútua-BA é empossada

O salão nobre da Reitoria da Universidade Federal da Bahia (UFBA) foi, na manhã de terça-feira (16), palco da Solenidade de Posse para sociedade civil das novas lideranças do Sistema Confea/Crea e Mútua no estado. Com a presença dos diretores executivos da Mútua, eng. civil Paulo de Queiroz Guimarães (presidente) e eng. civil Jorge Roberto Silveira (Benefícios), a cerimônia deu posse ao presidente do Crea-BA, eng. civil Luís Edmundo Campos, e aos diretores regionais da Mútua-BA, eng. agr. Emanuel Alves (geral), eng. eletricista Andersson Ambrósio (financeiro) e téc. em Agropecuária Marcos Dantas (administrativo).

A partir da esquerda: o associado Mútua-BA Francislei Santa Anna, Jorge Silveira, o presidente do Crea-SE Arício Resende, Marco Amigo, Emanuel Alves, Marcos Dantas, Paulo Guimarães e Anderson Ambrósio

Em seu discurso, o diretor empossado Emanuel Alves, agradeceu aos profissionais pelo voto de confiança dado a ele e a Marcos Dantas com a eleição para a Diretoria da Mútua, e aos conselheiros pela escolha de Andersson Ambrósio. Emanuel destacou que desde o início do ano já vem conversando com o novo presidente do Crea-BA, conhecido como professor Luizão, sobre ações conjuntas. “Em conversas preliminares já alinhamos os nossos objetivos, que felizmente são comuns. Assumi o compromisso durante a campanha de contribuir com cursos de qualificação profissional para os profissionais, diante deste quadro que vemos hoje de desemprego e com falta de perspectivas em algumas áreas do Sistema”, afirmou.

Outro compromisso, afirmou, foi o de ampliar número de sócios da Caixa de Assistência baiana. Hoje, a Mútua tem cerca de 8 mil associados, número relativamente baixo frente ao universo de profissionais do Crea-BA, que é de mais de 70 mil. Para ele, isso significa dizer que os profissionais, em sua maioria, não conhecem os inúmeros benefícios que a Mútua oferece, quadro que precisa ser revertido.

Também compondo a mesa da solenidade, Paulo Guimarães, ressaltou a parceria sempre muito boa entre a Mútua-BA e o Crea-BA e agradeceu ao ex-presidente Marco Amigo por todo o apoio que sempre deu à Regional ao longo de seus quatro mandatos à frente do Conselho Regional Baiano. “Temos muito desafios aqui na Bahia e, estamos na Diretoria Executiva, cada vez mais conscientes desses desafios e buscando mecanismos para o fortalecimento das Regionais. Está em processo de criação a Universidade Mútua justamente para incentivar a capacitação profissional. Acredito que o professor Luizão vai trabalhar na mesma linha de parceria que tivemos com o ex-presidente Amigo. Temos muitos projetos como, por exemplo, oferta de bolsas educacionais para profissionais carentes e seus filhos. Com o apoio do Conselho Regional, certamente, vamos seguir consolidando a história da Mútua”, declarou Guimarães, se colocando à disposição do Conselho baiano e da Caixa-BA para novas parcerias.

Fonte: Gecom/Mútua com informações da Mútua-BA

Compartilhe essa postagem:

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.