Kleber Santos e Raul Zucatto assumem Confaeab em 2019

A entidade nacional, ligada ao Confea, tem, entre outros objetivos, promover a valorização profissional e colaborar com a fiscalização junto ao Sistema

A diretoria eleita assume mandato em 1º de janeiro de 2019

Kleber Santos é o novo presidente da Confederação dos Engenheiros Agrônomos do Brasil (Confaeab). Com o vice da chapa Agronomia Forte, eng. agr. Raul Zucatto, Kleber assume entre 2019 e 2021 a presidência da entidade nacional ligada ao Confea, que tem, entre outros objetivos, promover a valorização profissional, atuar junto ao Sistema e colaborar com a fiscalização, além de exigir dos poderes públicos a participação do engenheiro agrônomo no encaminhamento e solução dos problemas de sua competência.

Essa linha de atuação foi reforçada no discurso do engenheiro agrônomo escolhido como presidente no pleito realizado nesta terça-feira (18) na sede do Confea, em Brasília. “É nosso compromisso apoiar a base da Confaeab, que são as associações estaduais e do DF. Como também é nossa força trabalhar com o Conselho Profissional. Vamos dividir o peso que a Coordenadoria de Câmaras Especializadas de Agronomia muito tem carregado ao longo dos anos. Vamos laborar com nossos conselheiros federais e regionais, com as administrações dos Creas e do Confea. Vamos batalhar pela justa remuneração do engenheiro agrônomo, pelo incentivo e empreendedorismo.”

Diálogo e representação nacional

“Se as coisas são inatingíveis… ora! Não é motivo para não as querer.” Citando o poeta e jornalista Mário Quintana, Kleber comentou que “nestes tempos modernos em que também são desafiados a lidar com tenebrosas situações”, a missão à frente da entidade será conduzida com transparência e diálogo.

“Queremos na Confaeab estabelecer novos parâmetros, sempre a bem da Agronomia. Vamos aplicar critérios técnicos para preencher departamentos. Vamos ouvir e dialogar com as instituições estaduais e do DF. Vamos procurar preencher os espaços de representação nacional.”

A atuação social também está entre as metas da diretoria que assume mandato em 1º de janeiro de 2019, como sinalizou o recém-eleito. “Vamos dialogar com diversos segmentos sociais sobre as nossas ideias para Agronomia de segurança alimentar e nutricional, de sustentabilidade, de conservação ambiental, de equidade social, no campo e na cidade.”

Com foco na educação, Kleber sinalizou que irá interagir com as universidades a fim de “conversar com os futuros profissionais e laborar, com colegas docentes, projetos de extensão, ensino e pesquisa”.

Agradecimentos

Ainda em discurso, o recém-eleito dirigente enalteceu os esforços dos gestores passados, especialmente a do eng. agr. Ângelo Petto Neto que, segundo ele, “cuidou da sustentabilidade institucional”. O vice-presidente Raul Zucatto também valorizou o trabalho de Petto. “Foi feito um saneamento e o resgate da confederação. Graças a isso, a nova diretoria, da qual eu faço parte, irá receber a Confaeab com as dívidas sanadas. Com isso, a nossa missão passa a ser ainda maior.”

À nova diretoria, o eng. agr. Ângelo Petto Neto, presidente que encerra seu mandato no fim deste mês, desejou “mais vigor para representar a categoria e a felicidade de alcançar os objetivos que a atual gestão não conseguiu obter”.

Das 27 entidades filiadas à Confaeab, 24 estavam aptas a votar, sendo que 18 representantes participaram do pleito desta terça (18). Apenas a chapa Agronomia Forte foi inscrita neste processo eleitoral. Na apuração, foram computados 17 votos válidos e uma abstenção.

Acompanharam o processo eleitoral o vice-presidente do Confea, eng. eletric. Edson Delgado, o diretor de Tecnologia da Mútua, eng. agr. Cláudio Calheiros, e o conselheiro federal, vice-presidente Sul da Confaeab e coordenador do curso de Agronomia da UFPR, eng. agr. Luiz Lucchesi.

Os presidentes dos Creas Acre e Sergipe também marcaram presença. A eng. agr. Carminda Pinheiro ressaltou o avanço da mulher no setor. “A agronomia ainda precisa de mais mulheres e a nova diretoria, da qual faço parte, terá três representantes femininas. Vamos fortalecer a classe”, disse a presidente do Crea-AC. Fortalecer a categoria também foi o compromisso assumido pelo presidente do Crea-SE, eng. agr. Arício Resende, que assume o cargo de segundo tesoureiro da confederação. “Vamos trabalhar juntos em prol da Agronomia.”

A entidade

A Confaeab é sucessora da Federação das Associações de Engenheiros Agrônomos do Brasil (FAEAB), fundada em 1963, que por sua vez teve origem na Sociedade Brasileira de Agronomia (SBA), instituída em 1927.

Representando o presidente Joel Krüger, o vice do Confea, eng. eletric. Edson Delgado, reconheceu a trajetória da Confaeab desejando ainda “mais longevidade à confederação que já acumula 91 anos” e considerando ainda relevante atuação nas seguintes linhas: congregar e representar, no âmbito nacional e internacional, os engenheiros agrônomos e as entidades de classe; promover a valorização profissional; e propugnar pela elevação do nível cultural, social e técnico do engenheiro agrônomo e da população brasileira, com a amplitude que lhe confere sua condição de entidade privada, com atuação livre, quer no âmbito da categoria, quer no âmbito político.

A entidade é ainda conhecida nacionalmente por realizar a cada dois anos pelo Congresso Brasileiro de Agronomia (CBA). A próxima edição será realizada em agosto de 2019, no Rio de Janeiro, e terá como tema central “Agronomia do presente: empreendedorismo, tecnologia e inovação”.

Confira a composição 2019-2021 da Confaeab:

Presidente: Kleber Souza dos Santos (DF)

Vice-presidente: Raul Zucatto (SC)

Vice-presidentes (regiões): Wolney Costa Parente Júnior (Norte – RR); José Flávio Barreto de Melo (Nordeste – CE); José Leonel Cortez Diniz Rocha Lima (Sudeste – RJ); José de Souza Reis Filho (Centro-Oeste – GO); Ivo Lessa Silveira Filho (Sul – RS)

Primeiro Secretário: Maria Helena Araujo (CE)

Segundo Secretário: Ricardo Antônio Palma (PR)

Primeiro Tesoureiro: Palmira A. Alves C. de Oliveira (AC)

Segundo Tesoureiro: Arício Resende Silva (SE)

Conselho Fiscal (Efetivos): Bruno Andrade Tomasini (MS); Carminda Luzia S. Pinheiro (AC); e Francisco Auricélio de Oliveira Costa (RN)

Conselho Fiscal (Suplentes): Fábio Igo Leite Pereira (AL); João Carlos Montenegro Coutinho Junior (PE); e Moisés Vieira Fernandes (RO)

Conheça o presidente e o vice

Kleber Santos é atualmente conselheiro pelo Crea-DF e coordenador nacional das Câmaras Especializadas de Agronomia. O mestre em Gestão Econômica do Meio Ambiente e especialista em Gestão do Agronegócio e Administração Rural já foi também conselheiro no Confea.

Raul Zucatto presidiu por dois mandatos o Crea-SC. Esteve à frente de entidades, como a Associação dos Conselhos de Profissionais de Santa Catarina e a Cooperativa de Trabalho dos Engenheiros Agrônomos e de Profissionais em Desenvolvimento Rural e Ambiental de Santa Catarina. Atualmente é presidente da Federação dos Engenheiros Agrônomos de Santa Catarina.

Fonte: Confea.

Foto: Confea.

 

Compartilhe essa postagem:

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.