I Encontro Paraibano Mútua e Entidades aborda ações conjuntas para a valorização dos profissionais

Realizado neste 8 de março, evento ainda contou com programação especial pelo Dia da Mulher

José Humberto de Albuquerque, diretor financeiro da Mútua-PB; Maria Aparecida Estrela, presidente da Aest-PB; Giucélia Araújo Figueiredo, ex-presidente do Crea-PB e diretora do Senge-PB e da Fisenge; Virgínia Barroca, coordenadora do Coletivo de Mulheres do Senge-PB; Antônio Carlos Aragão, presidente do Crea-PB; Candida de Andrade , diretora administrativa da Mútua-PB; e João de Deus Barros, diretor geral da Mútua-PB

Um novo projeto da Mútua-PB, o Encontro Paraibano Mútua e Entidades do Sistema Confea/Crea, teve sua primeira edição realizada nesta quinta-feira (8), no Hotel Nord Luxxor Tambaú, em João Pessoa. Com vistas a fomentar uma maior aproximação com as entidades, compartilhando informações e planejando ações conjuntas, o Encontro reuniu representantes de diversas entidades regionais do Sistema.

O trabalho que Mútua e as entidades podem desenvolver em parceria foi o principal foco do evento. A Diretoria Regional da Caixa de Assistência apresentou sua nova proposta de metodologia, assumindo o compromisso de estreitar as relações com as entidades, de promover ações de forma colaborativa e compartilhada para a valorização dos profissionais e iniciativas de divulgação e disseminação das temáticas próprias do Sistema e das categorias e modalidades. Além da apresentação institucional da Mútua, com informações sobre os benefícios reembolsáveis, sociais e previdenciários, também foi abordado o Divulga Mútua, a plataforma online de solicitação de patrocínio a ações do Sistema.

“Houve uma participação bastante considerável das entidades e tivemos a oportunidade de falar sobre todos os benefícios da Mútua. O objetivo é fechar novas parcerias e formalizar um cronograma de atendimentos e cursos para serem administrados por essas entidades. Muitas perguntas e dúvidas dos representantes das entidades foram sanadas e isso é muito importante, pois eles servem como multiplicadores da divulgação da Mútua entre os associados de cada entidade. O Encontro foi bastante positivo e pretendemos dar continuidade a esse trabalho, tornando isso uma prática da Mútua, pois auxilia na divulgação da Instituição para a inscrição de novos sócios”, explicou o diretor geral da Mútua-PB, eng. eletric. João de Deus Barros.

O planejamento para aumento do quadro associativo da Mútua foi bastante detalhado durante a reunião. Conforme explica o diretor financeiro da Mútua-PB, eng. agr. José Humberto Almeida de Albuquerque, a Regional paraibana da Mútua pode ampliar seu atendimento, mas isso seguirá uma programação prévia. “Ainda somos uma Regional pequena e uma das metas dessa Diretoria atual é crescer. Mas, crescer, sobretudo com responsabilidade, observando como alicerce desse projeto a sustentabilidade para que possamos entregar uma grande Caixa de Assistência e uma Mútua forte às gerações vindouras, às gerações futuras”, sinalizou. José Humberto ainda lembrou de todos que estiveram envolvidos nessa primeira edição do encontro. “Quero agradecer ao presidente do Crea-PB, eng. civil Antônio Carlos Aragão, pelo apoio e prestigio concedido, também agradeço aos colaboradores da Mútua-PB pelo emprenho para que isso se tornasse possível e agradecer a cada entidade que compareceu ao evento”.

A primeira mulher a ocupar o cargo de diretora regional da Mútua-PB, a eng. civil Candida Regis Bezerra de Andrade (diretora administrativa), eleita no último pleito, também comemorou o sucesso do evento. “Como primeira diretora eleita da Regional da PB, sinto que esse evento foi o primeiro ponta pé dessa gestão vitoriosa, mostrando como estamos com vontade de acertar e elevar cada vez mais a Mútua-PB. Para isso, estamos desenvolvendo mecanismos juntamente com as entidades a fim de alavancar futuros eventos para atingir cada vez mais o público alvo, que é pouco informado sobre o que é a Mútua. Minha avaliação do evento é que foi um grande sucesso”, disse ela.

Programação especial do Dia Internacional da Mulher
A abertura dos trabalhos do I Encontro Paraibano Mútua e Entidades do Sistema foi marcado por programação especial pelo Dia Internacional da Mulher. A convite da Mútua e do Coletivo de Mulheres do Sindicato dos Engenheiros da Paraíba (Senge-PB), a delegada Wladia Holanda de Lima – da Delegacia da Mulher de João Pessoa – proferiu palestra sobre “A Violência Contra a Mulher”.

Wladia de Lima e Davi Dantas

Wladia destacou a violência contra a mulher e a importância do trabalho de repressão que é feito. Também falou sobre a conscientização da sociedade pela busca de mudança de pensamentos e posturas como ferramenta preventiva e mais eficaz no combate da raiz da violência doméstica. “Com enorme prazer que destinamos uma manhã neste 8 de março para reflexões sobre os altos índices de violência na Paraíba e de como é necessário repensar essa desconstrução de imagem de submissão e opressão. Além disso, é sempre importante falar do papel fundamental que a Polícia Civil tem na sociedade de repressão e combate, para que a impunidade não reine e para que as mulheres que nos procuram tenham um resgate de sua dignidade e vejam os agressores devidamente punidos de acordo com o que estabelece a lei”, enfatizou.

Acompanhando a delegada, o policial civil Davi Dantas, também membro da Delegacia da Mulher, falou sobre o trabalho delicado, mas primordial, realizado pelas unidades especializadas. “É indiscutível a importância do trabalho da Delegacia da Mulher na sociedade, uma sociedade muito machista, principalmente aqui no Nordeste. Nós temos uma situação que as mulheres nos procuram, muitas vezes fragilizadas, agredidas e machucadas e precisam de um acolhimento e precisam ser bem atendidas para se sentirem seguras para enfrentar, juntamente com o aparato que o Estado oferece, a violência doméstica e a violência contra a mulher. Também temos a competência de agir contra os crimes de ordem sexual, um crime muito delicado. Temos uma equipe que trabalha e se empenha para prestar um serviço cada vez melhor com relação a esses tipos de crime – violência doméstica e violência sexual”.

 

Fonte e fotos: Mútua-PB

Compartilhe essa postagem:

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.