Goiânia recebe a 10ª Reunião das Caixas Centro-Oeste da Mútua

A capital de Goiás recebeu os diretores regionais das Caixas de Assistência dos Profissionais do Crea de toda a Região. Acompanhados da Diretoria Executiva da Mútua, os diretores da Mútua de Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Goiás e Distrito Federal participaram de um intensivo de proposições, debates e apresentações acerca das rotinas das Caixas, no âmbito da 10ª Reunião das Caixas Centro-Oeste.

Paulo Guimarães

Com diversos pontos na pauta, dentre eles a adequação das estruturas das Regionais, elaboração e aprovação de novas propostas, planos de saúde e eleições 2017, a reunião foi considerada um sucesso pelo presidente da Mútua, Paulo Guimarães. “Agradeço aos diretores executivos, regionais e colaboradores – tanto da Caixa-GO quanto da Sede – que trabalharam e contribuíram para que a reunião fosse tão produtiva, com discussões relevantes e apreciação de todos os itens propostos”.

O anfitrião da Reunião, diretor geral da Caixa-GO, Roger Piaggio Couto, endossou as palavras do presidente: “Nunca participei de uma reunião tão dinâmica e proveitosa como esta. E o mérito é de todos que participaram, muito obrigado!”. O diretor geral da Caixa-MS e coordenador das Caixas Centro-Oeste, Jean Saliba, agradeceu à Direx pela forma que a relação com as Caixas se desenvolveu ao longo da gestão. “A relação é bastante natural e de muita franqueza. Isso tudo faz com que a Sede e as Regionais caminhem juntas rumo ao objetivo que temos em comum: a Mútua ideal”.

Jorge Silveira

A disponibilização de um Seguro de Reponsabilidade Civil aos associados também foi um dos temas abordados na reunião. O diretor de Benefícios, Jorge Roberto Silveira, informou que a Mútua já recebeu diversas propostas de grandes seguradoras. “Já estamos com três propostas interessantes para essa inovação, que tem muito a agregar no rol de novos projetos e que queremos colocar em prática, se não já no segundo semestre, no próximo ano”.

Outro ponto debatido foi o SisArt, sistema desenvolvido pela Mútua para a integração e padronização de ARTs em todo o território nacional. Paulo Guimarães afirmou que, no momento, a Mútua está no processo de transferência da tecnologia para o Confea, por determinação do mesmo. O Conselho dará sequência ao trabalho de implantação nos Creas, como vinha sendo feito pela Mútua. Para tanto, terá auxílio de um dos colaboradores responsáveis pelo desenvolvimento do sistema, que será cedido pela Mútua para o processo de transição.

“Para nós interessa apenas que o sistema possa começar logo a ser usado em todo o Brasil, facilitando os registros e aumentando o número de ARTs registradas. Faremos o que for necessário para que ele obtenha sucesso”, frisou Guimarães. “A Mútua não só cumpriu o seu papel, como foi além, colocando uma ferramenta de excelência à disposição do Confea e dos Creas”, salientou o diretor de Tecnologia, Marcelo Morais.

PIM e Mutuação

Marcelo de Oliveira Morais

O PIM – Programa de Inclusão da Mútua, também foi destaque entre as discussões. O diretor Marcelo Morais lembrou que algumas grandes montadoras já demonstraram interesse em parcerias para oferecer carros com descontos aos associados PCD, e que a parceria com a HandsFree foi formalizada recentemente pela Direx.

“A possibilidade da Mútua, enquanto braço social do Sistema, estar acolhendo e proporcionando uma qualidade de vida melhor aos que têm necessidades especiais, de fato, é a Mútua que sonhamos: que vai além dos benefícios reembolsáveis, com benefícios que sejam alavanca para a inclusão”, complementou Paulo Guimarães.

Outro tema citado foi o evento de treinamento e capacitação, VII Mutuação, realizado em maio último, em Florianópolis (SC). Paulo Guimarães relembrou que o estado de Goiás recebeu a primeira edição do evento que, para ele, é de extrema importância para que a Mútua e seus colaboradores estejam em constante renovação. “Neste Jubileu de Rubi, o Mutuação só tem nos rendido elogios. Conto com o apoio de todos para mostrar que estamos, sim, nos renovando com novos projetos, objetivando deixar como legado uma Mútua melhor que aquela que conhecemos no passado, sempre com foco no associado e profissional do Sistema Confea/Crea e Mútua”, disse o presidente.

Marcelo Morais afirmou que o Mutuação foi uma demonstração do nível de excelência que a Mútua pode ter. “Aquela dedicação, empenho, profissionalismo e capacidade demonstrados pelos colaboradores e diretores, tanto na organização quanto na atuação durante o evento, é o nosso sonho para a Mútua. O evento nos mostrou que somos, sim, capazes de alcançar a excelência”.

Júlio Fialkoski

O diretor administrativo, Júlio Fialkoski, responsável pela coordenação do evento,agradeceu aos elogios dos colegas. “Agradeço a todos, mas ressalto que sem a colaboração e empenho dos colaboradores nada disso seria possível. Tenho certeza que este fator fez a diferença para que o Mutuação tenha tido sucesso e ficado marcado na memória de cada um”.

Jean Saliba pediu que um recado fosse transmitido aos colaboradores: “Gostei muito do empenho de cada um. Foi a melhor edição do Mutuação que já participei – do formato ao conteúdo, tudo excelente”. Emocionado, o diretor administrativo da Caixa MT, Mário Albuquerque, relembrou o primeiro Mutuação.

“Muitos aqui estiveram presentes na primeira edição, que foi só o primeiro passo. Desde então, a Mútua só vem crescendo e valorizando cada vez mais seus colaboradores. Que continue assim, pois esse é o caminho para um melhor atendimento aos profissionais do Sistema”. Maxwell Paiva, diretor geral da Caixa-DF, fez questão de fazer o registro: “Fui testemunha dos esforços da equipe da coordenação. O formato do evento foi excelente, mas acho que podemos melhorar com relação ao tempo dedicado às atividades”.

Os diretores da Caixa anfitriã também não pouparam elogios. Gilson de Oliveira Mota, diretor administrativo, afirmou que, como participante do Mutuação, achou o evento um diferencial. Já o diretor financeiro, Luiz Carlos de Oliveira, se encantou pelo modelo de aprendizagem proposto. “As oficinas foram sensacionais. Espero que nas próximas edições elas tenham um tempo maior para que possamos ter ainda mais entrosamento”.

Despedidas e avaliações

Os diretores regionais da Mútua Centro-Oeste destacaram a atuação das Caixas e suas experiências na Instituição. Marciane Prevedelho Curvo, diretora geral da Mútua-MT, que encerrará sua gestão em dezembro próximo, se diz grata pelos seis anos de Mútua. “As amizades permanecem, pois continuamos no mesmo Sistema. Agradeço a parceria e parabenizo os funcionários e Diretoria pelo brilhante trabalho.”

Wellington Siqueira de Medeiros, diretor administrativo da Caixa DF, fez coro: “É notório, após o exposto nesta reunião, que ao final de nossas gestões entregaremos uma Mútua melhor do que aquela que recebemos. Esse é o nosso propósito. Esperamos que todos os que virão nos próximos anos a tornem ainda melhor”.

Outros diretores também exaltaram o sucesso da reunião. O diretor financeiro da Caixa-DF Luiz Henrique Lobo, por exemplo, avaliou a reunião como muito proveitosa. “A objetividade e celeridade foram impressionantes”. O diretor administrativo da Mútua-MS, Hamilton Rondon Flandoli, destacou o clima do encontro: “Estivemos todos aqui com um objetivo em comum: fazer o melhor para Mútua. Não houve ninguém pensando em si ou somente em sua Regional”.

Suzan Lannes de Andrade, diretora financeira da Caixa MT, parabenizou a Diretoria Executiva: “Estamos no caminho correto. Sempre achei que o campo social precisava de uma alavancada e fico feliz em ver que esforços estão sendo feitos nesse sentido”.

Fonte e fotos: Gecom/Mútua

Compartilhe essa postagem:

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.