Engenheiros Florestais do Amapá serão capacitados para uso do software BOManejo

Engenheiros e Engenheiras Florestais vinculados à Associação dos Engenheiros Florestais do Amapá e ao Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Amapá participarão de um curso de capacitação para o uso do software BOManejo (www.embrapa.br/bom-manejo), uma ferramenta desenvolvida pela Embrapa para apoio à elaboração e execução de planos de manejo. Esta capacitação é ofertada no âmbito do Projeto ITTO Bom Manejo II, e terá como instrutores o pesquisador José Francisco Pereira, da Embrapa Amapá, e o analista Fabrício Nascimento Ferreira, da Embrapa Amazônia Oriental (Pará). Será realizada nos dias 21 e 22 de novembro, no auditório do CREA-AP, em Macapá (AP).

O software BOManejo atende à demanda de planejamento da colheita e extração madeireira e de garantia, ao mesmo tempo, da conservação e da plena recuperação da floresta, um dos maiores desafios do manejo florestal sustentável na Amazônia. A ferramenta é gratuita e direcionada a técnicos de empreendimentos florestais, comunidades e técnicos de órgãos de fiscalização. Segundo o pesquisador José Francisco Pereira, da Embrapa Amapá, são várias as vantagens do uso do software. Para o segmento madeireiro, por exemplo, apoia a elaboração do Plano Operacional Anual, desde o planejamento da colheita florestal, com a entrada dos dados do inventário, a seleção e indicação das árvores a serem extraídas, até o monitoramento da exploração. Já para os técnicos de órgãos de controle e fiscalização, irá ajudar na análise dos planos operacionais, uma vez que deve padronizar os projetos de manejo e facilitar as avaliações.

O software é resultado da primeira fase do projeto Bom Manejo, desenvolvido pela Embrapa e financiado pelo ITTO (Organização Internacional de Madeira Tropical), cujo objetivo é aplicar boas práticas de utilização e conservação das florestas. Para isso, o projeto em sua primeira fase desenvolveu ferramentas computacionais que auxiliam técnicos e produtores no planejamento do manejo e monitoramento da floresta. Nesta segunda fase do projeto, são realizadas capacitações de técnicos do setor madeireiro, de órgãos governamentais de fiscalização e de professores da área florestal para o uso e melhoria dessas ferramentas.

O projeto Bom Manejo desenvolveu quatro ferramentas computacionais para controle e execução dos Planos de Manejo Florestal Sustentável, que estão disponíveis no Portal da Embrapa (www.embrapa.br/bom-manejo). Além do software BOManejo, o projeto desenvolveu o MFT, de monitoramento das florestas tropicais; o MEOF, monitoramento econômico das operações florestais; e o MOP, monitoramento da performance das operações florestais. O projeto é executado pela Embrapa Amazônia Oriental e Embrapa Amapá e conta com a parceria da Universidade Federal Rural da Amazônia (UFRA), Universidade Federal do Oeste do Pará (UFOPA), Instituto Florestal Tropical (IFT), Serviço Florestal Brasileiro e Fidesa.

 

Fonte: Plantão News

Compartilhe essa postagem:

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.