Em outubro, Cuiabá recebe o quinto Preparatório para o 8º Fórum Mundial da Água

Centro geodésico da América do Sul, equidistante a 1600 quilômetros entre o Atlântico e o Pacífico, Cuiabá representa bem o espírito universal do Preparatório da Engenharia e da Agronomia para o 8º Fórum Mundial da Água, já realizado pelo Sistema Confea/Crea em Campinas (SP), Manaus (AM), Colatina (ES) e Balneário Camboriú (SC). A cidade recebe o evento de 2 a 4 de outubro, no Hotel Deville. Os Preparatórios subsidiam as lideranças profissionais para se posicionarem no Fórum, que, em março do próximo ano, reunirá cerca de 30 mil representantes de mais de 100 países, em Brasília.

Mato Grosso é o terceiro maior estado do país, com mais de 903 mil km². Apenas os gigantes Amazonas e Pará superam sua extensão e registram com ele também a riqueza de sua diversidade natural e a baixa densidade demográfica, de 3,3 habitantes por km², para seus 3,3 milhões de habitantes (IBGE-2010). Banhado pelas bacias hidrográficas Amazônica, Platina e Tocantins e pelas sub bacias do Guaporé, Aripuanã, Juruena-Arinos, Teles Pires e Xingu, o estado possui áreas em três biomas: Amazônia, Cerrado e Pantanal.

O contexto físico-social da região certamente proporcionará importantes elementos para compreender os grandes desafios hídricos do momento atual. Um desafio universal. Afinal, o tema do 8º Fórum Mundial da Água será “Compartilhando a Água”, o que, no Mato Grosso, remete naturalmente às bacias hidrográficas Amazônica e Platina, integradoras do continente sul-americano.

A Organização das Nações Unidas projeta que 2 bilhões de pessoas poderão vivenciar a carência absoluta de água em menos de dez anos. Mas, além de um desafio, o uso adequado das reservas hídricas representa também uma oportunidade estratégica de desenvolvimento, considerando que a cada R$ 1 investido em água e saneamento, são economizados até R$ 10 no setor de saúde. Conscientes de todos esses aspectos, profissionais e lideranças da Engenharia e da Agronomia se reúnem em mais um valioso momento para a área tecnológica brasileira, no Preparatório para o Fórum Mundial da Água.

 

Fonte: Confea

Compartilhe essa postagem:

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.