Dia Nacional do Surdo: acessibilidade para mais de 9,7 milhões de pessoas no Brasil

Neste 26 de setembro, o Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea) chama atenção para a necessidade de inclusão das pessoas com deficiência auditiva na sociedade brasileira, considerando que, de acordo com o último Censo do IBGE, existem pelo menos 9,7 milhões de surdos no país.

Para ajudar essa parcela da população a superar desafios e enfrentar barreiras, sobretudo em espaços coletivos, “é fundamental que os profissionais do Sistema Confea/Crea façam a sua parte projetando edificações, tecnologias e serviços alinhados com a Legislação Federal e as Normas Técnicas de Acessibilidade”, como destaca a 2ª edição da Cartilha Acessibilidade – guia prático para o projeto de adaptações e novas normas.

Ilustrada e com um resumo das normas técnicas da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), legislações federais e outras informações relevantes que visam melhorar a mobilidade de pessoas com algum tipo de deficiência física, a publicação elaborada pela Comissão Temática Acessibilidade e Equipamentos (CTAE), do Confea, tem a proposta de propagar o conceito de acessibilidade a todas as áreas de conhecimento, com destaque para as abrangidas pelo Sistema Confea/Crea. Distribuída inicialmente entre os 190 funcionários do Conselho, em 21 de setembro – Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência, a Cartilha de Acessibilidade está disponível na versão digital.

Setembro Azul
Criado pela Lei 11.796, o Dia Nacional dos Surdos é comemorado no Brasil desde 2008, e se a data remete à fundação do Instituto Nacional de Educação de Surdos, em 1857, a cor azul turquesa, por ser vibrante, representa o orgulho surdo e a cultura que eles desenvolvem.

 

Fonte: Confea

Compartilhe essa postagem:

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.