Crea-PI inaugura revitalização da sede com inovações e novo prédio anexo

Uma noite histórica para o Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Piauí – Crea-PI. Na última quinta-feira(30), ocorreu a solenidade de inauguração da revitalização da sede em Teresina, que preserva a memória de prédios reconhecidos como patrimônio histórico, e apresenta inovações no ambiente interno e externo do Regional, marcada também pela ampliação da estrutura que passa a contar com um novo prédio anexo.

Com  42 anos da sua fundação, o Crea-PI teve sua primeira sede na sala 104 de um edifício situado na Rua Coelho Rodrigues, 1202, onde funcionara até então a Inspetoria subordinada ao Crea 9ª Região sediado em Fortaleza, passando posteriormente a funcionar na rua Álvaro Mendes, 1136.  A atual sede foi inaugurada há 38 anos na Praça Demóstenes Avelino, 1767, em 20 de junho de 1979, em prédio identificado como patrimônio histórico.

Para o presidente do Crea-PI, Eng. Civil Paulo Roberto Ferreira de Oliveira, o projeto foi pensando com o intuito de proporcionar um ambiente mais cômodo e funcional para os servidores e todos os profissionais que busquem o Crea. “Transparência e busca constante por inovações e soluções para valorizar o desenvolvimento profissional norteiam a nossa atuação. Além disso, esperamos servir de exemplo para iniciativas que priorizem o desenvolvimento aliado à preservação do nosso centro histórico. É possível crescer e se modernizar sem destruir o nosso patrimônio cultural”.

Em janeiro de 2015, preocupada em proporcionar maior comodidade e atender à demanda crescente de serviços para a melhor atenção aos profissionais, a atual gestão do Crea-PI, liderada por Paulo Roberto, adquiriu um amplo imóvel que passou por processo de revitalização e funcionará anexo à sede do Crea-PI, passando a abrigar alguns setores, como tecnologia da informação, refeitório, garagem e almoxarifado. O prédio foi nomeado em memória do engenheiro civil Carlos Alberto Rocha Costa.

A viúva do engenheiro Carlos Alberto, Jussara Costa, e sua filha, Raísa Costa, estiveram na solenidade e agradeceram emocionada a homenagem. “Sou muito grato ao Paulo Roberto e ao Crea-PI pela homenagem. O Carlos dedicou sua vida à engenharia e sempre afirmou seu amor pela profissão”, comentou Jussara, após o presidente do Regional abrir as falas destacando a integridade e o brilhantismo do homenageado.

A nova configuração estética da fachada e o acesso à sede do Crea-PI, respeita a preservação do patrimônio cultural, e as interferências no pavimento térreo, especialmente na ala que hoje abriga as salas da equipe de Fiscalização, possibilitaram um espaço mais amplo e integrado. As mudanças estão alinhadas em respeito aos conceitos de acessibilidade e seguem a legislação vigente. Também foi remodeladaa a sala de eventos para uma nova área social moderna e climatizada, apta a receber atividades sociais e confraternizações com esmero, e batizada em homenagem ao engenheiro agrimensor Sandro Souza.

A familia do engenheiro Sandro esteve presente na solenidade, com Silvan Souza e Sandro Segundo, filhos, Solange e Shirley Souza, irmãs. “Certamente o meu pai está muito feliz com as homenagens. Para cada amizade ele tinha um significado especial, e o Crea significava muito na vida dele, era apaixonado pelo que envolvia as pessoas, a engenharia e a instituição”, agradeceu Silvan.

“Além do atendimento a demandas oriundas da expansão física do Crea, contemplamos na reforma transformações que visam implementar uma nova rotina no trabalho das informações entre os setores e a microfilmagem de arquivos, que otimizem o armazenamento de dados e, por consequência, a preservação da história da área tecnológica piauiense”, ressaltou o presidente do Crea-PI.

Dessa forma, a revitalização segue o projeto de desenvolvimento institucional pensado desde o primeiro ano de gestão que objetiva o crescimento eficaz das múltiplas atividades, também contempladas com as aquisições e melhorias nas sedes das inspetorias do Crea-PI, novos veículos para a fiscalização e outras ações que consolidam o papel fundamental para a defesa da engenharia e da sociedade.

 

Fonte: Crea-PI

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.