Conheça as vantagens da previdência complementar da Mútua

O plano traz facilidades financeiras, para os associados, e proporciona qualidade de vida na aposentadoria

Vários fatores levam as pessoas a buscar, cada vez mais, a segurança e a estabilidade que os planos de previdência complementar oferecem. O debate acerca da reforma da previdência, que está na agenda do país e é defendida pelo governo, é um desses fatores.

A Mútua, além de oferecer facilidades financeiras aos seus associados ao longo da vida profissional, proporciona qualidade de vida também na aposentadoria. Por isso, oferece o TecnoPrev, o plano fechado de previdência complementar, administrado pela BB Previdência, do Banco do Brasil.

Uma das vantagens é que o participante pode contribuir eventual ou periodicamente com valores adicionais, em aportes que não só elevam o saldo da conta, como possibilitam economias anuais com o Imposto de Renda de Pessoa Física (IRPF).

A Legislação Tributária permite deduzir até 12% da renda anual, com contribuições à previdência complementar. Com os aportes extraordinários, os contribuintes do TecnoPrev podem ampliar a dedução no IRPF do ano seguinte.

Baixas taxas

No plano, o saldo da conta individual é sempre destinado aos beneficiários escolhidos, caso o participante não usufrua da totalidade. Ao contrário dos planos abertos – ligados a bancos e seguradoras, em que o saldo fica para a instituição após a falta do participante titular – no TecnoPrev o saldo da conta individual sempre será garantido ao participante ou aos beneficiários escolhidos, com 100% da rentabilidade líquida auferida no período.

Outra vantagem são as taxas mais baixas. A taxa de carregamento, por exemplo, é de 0% – ela incide todo mês sobre o valor de cada contribuição realizada e paga despesas administrativas. Nos bancos, varia entre 2% e 9%.

Conta individual

Além disso, o TecnoPrev é um plano onde cada participante possui uma conta individual – segregada do patrimônio dos outros participantes, do patrimônio da Mútua e da BB Previdência.

E, claro, como todo plano privado, o TecnoPrev possui fiscalização e auditoria da Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc).

É considerado um plano conservador, pois possui a maior parte dos seus investimentos alocados em títulos de renda fixa – que proporcionam uma maior segurança ao patrimônio dos participantes –, e que, além de tudo, têm acesso a extratos, gráficos de rentabilidade, carteira de investimentos e outras informações, como o saldo individual, disponíveis 24 horas por dia, no site da BBPrevidência.

Outra característica do Plano da Mútua é a flexibilidade, que objetiva atender, também, ao profissional autônomo, com sua renda mensal variável. Dessa forma, permite alterar o valor de contribuição, tanto para mais, quanto para menos, respeitando o limite mínimo do plano.

Quer conhecer mais? Acesse o Portal do TecnoPrev.

Compartilhe essa postagem:

33 comentários a “Conheça as vantagens da previdência complementar da Mútua”

Você pode deixar uma resposta ou Rastrear esta artigo.
  1. Luiz Felipe Opitz disse: 8 de junho de 2017 at 17:36

    Onde encontro informações sobre o BB Previdencia, estatutos sociais, ultimos balalnços, CNPJ/MF, gestores, etc
    Att Eng Luiz Feliep Opitz

  2. LUIZ ALBERTO BULGARELLI GIRAO disse: 27 de agosto de 2017 at 11:59

    Tenho 73 anos e sou socio da Mutua desde 1987, portanto a 30 anos e gostaria de saber se posso participar do TECNOPREV

  3. Wanderley Magalhães Soares disse: 30 de outubro de 2017 at 18:10

    Boa tarde.
    Gostaria de aderir ao plano de previdência maa antes preciso de maiores informações acerca a que indicadores economicos está atrelado os rendimentos mensais.

    • Alline Oliveira de Abreu disse: 13 de março de 2018 at 14:47

      Tácito, Boa tarde!Foi encaminhada resposta ao questionamento efetuado diretamente no seu e-mail indicado. Conforme solicitada, foi apresentada simulação baseada nas informações disponibilizadas.

  4. Ivone Ferreira. disse: 19 de março de 2018 at 07:02

    Um absurdo isso. Seria melhor dar o desconto na mensalidade. Isso é uma arapuca, onde já se viu taxa de carregamento de 3%. Na atual conjuntura 1% já seria uma extorsão…
    Pior ainda foi a Mútua tomar essa decisão de forma unilateral. Estou revoltada.

    • Alline Oliveira de Abreu disse: 27 de março de 2018 at 11:28

      Ivone, bom dia! Pedimos desculpas, mas o texto acima estava desatualizado, mas agora já foi corrigido. Recentemente, a Mútua conseguiu zerar a taxa de carregamento do TecnoPrev junto à BB Previdência.

  5. Luiz Edson de Castro Filho disse: 19 de março de 2018 at 17:51

    Mensagem
    Boa tarde.
    Sou engenheiro concursado na PMSP.
    Caso ocorra a alteração em nosso regime previdenciário (IPREM), uma das opções que teremos prevê contribuições para uma previdência privada (no que concerne aos recebimentos que ultrapassem o teto do INSS).
    A MUTUA tem condições de participar como opção para os engenheiros ?
    Não seria o caso de conversarem à respeito com a PMSP ?

    • Alline Oliveira de Abreu disse: 27 de março de 2018 at 11:34

      Luiz, bom dia! Sua mensagem foi direcionada à equipe responsável pelo TecnoPrev, o plano de previdência complementar da Mútua. Em breve você receberá as informações solicitadas.

    • Alline Oliveira de Abreu disse: 27 de março de 2018 at 11:00

      Franciane, bom dia! Sua mensagem foi direcionada à equipe responsável pelo TecnoPrev e, em breve, você deverá receber as informações solicitadas.

  6. Ismael Munaretto disse: 1 de abril de 2018 at 20:33

    Boa noite.

    Gostaria de saber mais detalhadamente sobre como funciona, por exemplo, se eu depositar mensalmente 100 reais, eu posso em algum momento retirar esse valor com correção. Ou apenas daqui a alguns anos para que fique como uma aposentadoria?

    • Alline Oliveira de Abreu disse: 9 de abril de 2018 at 10:49

      Ismael, obrigada pelo contato. Sua mensagem foi direcionada ao setor responsável pelo TecnoPrev. A equipe entrará em contato para sanar todas as suas dúvidas.

  7. Geiza Meira disse: 4 de abril de 2018 at 16:42

    Boa tarde, recebi uma correspondências da BBprevidencia com um valor, não entendi. Poderia me esclarecer do que se trata????

    • Alline Oliveira de Abreu disse: 9 de abril de 2018 at 10:51

      Geiza, sua mensagem foi direcionada ao setor responsável pelo TecnoPrev. A equipe entrará em contato para sanar todas as suas dúvidas.

  8. Bom dia, gostaria de saber somente sobre o TecnoPrev. Qual seria a contribuição mínima mensal e baseado nesta mínima qual seria o valor da aposentadoria? Um salário mínimo?

    • Alline Oliveira de Abreu disse: 9 de abril de 2018 at 10:54

      Cristian, em tempos de uma previdência pública incerta, devemos mesmo nos preocupar com uma aposentadoria segura por meio de um plano complementar. Sua mensagem foi direcionada ao setor responsável pelo TecnoPrev e equipe entrará em contato para sanar todas as suas dúvidas.

    • Alline Oliveira de Abreu disse: 23 de abril de 2018 at 14:46

      Jeferson, sua mensagem foi direcionada ao setor responsável pelo TecnoPrev. A equipe entrará em contato para sanar todas as suas dúvidas.

  9. Bruna Ramos de Sousa disse: 12 de abril de 2018 at 12:53

    Esse plano é VGBL ou PGBL? Não tem uma informação sobre isso no Informe de Rendimentos enviado por vocês e agora não sei como declarar no imposto de renda.

    • Alline Oliveira de Abreu disse: 23 de abril de 2018 at 14:47

      Bruna, sua mensagem foi direcionada ao setor responsável pelo TecnoPrev. A equipe entrará em contato para sanar todas as suas dúvidas.

  10. Guilherme Neto disse: 27 de junho de 2018 at 21:08

    Boa noite,

    Gostaria de maiores informações sobre o plano previdenciário, caso eu deposite mensalmente por exemplo R$250,00 quanto irei retirar após 25 anos de contribuição? Faço a retirada completa do dinheiro ou retiradas mensais? E posso retirar o dinheiro no meio do decorrer destes 25 anos?

    Agradeço e aguardo retorno.

    • Alline Oliveira de Abreu disse: 5 de julho de 2018 at 14:42

      Guilherme, sua mensagem foi direcionada ao setor responsável pelo TecnoPrev. A equipe entrará em contato para sanar todas as suas dúvidas.

  11. Alexandre Almeida disse: 28 de junho de 2018 at 22:20

    A taxa de carregamento igual a zero, e a taxa de gestão = 0,5% , serão asseguradas durante TODA vigência do plano, ou poderão ser aumentadas?

    • Alline Oliveira de Abreu disse: 5 de julho de 2018 at 14:45

      Alexandre, sua mensagem foi direcionada ao setor responsável pelo TecnoPrev. A equipe entrará em contato para sanar todas as suas dúvidas.

  12. Daiane Cristina Silva Vilaça disse: 19 de dezembro de 2018 at 15:44

    Gostaria de maiores informações sobre o plano previdenciário, caso eu deposite mensalmente por exemplo R$150,00 quanto irei retirar após 25 anos de contribuição? Faço a retirada completa do dinheiro ou retiradas mensais? E posso retirar o dinheiro no meio do decorrer destes 25 anos? A taxa de carregamento igual a zero, e a taxa de gestão = 0,5% , serão asseguradas durante TODA vigência do plano, ou poderão ser aumentadas?

  13. Denize M. S. Oliveira Sousa disse: 3 de janeiro de 2019 at 10:41

    Bom dia,
    Tenho 52 anos, se aderir o TECNOPREV e me aposentar com 65 anos, contribuindo com R$ 250,00 por mes…quanto vou retirar ao me aposentar?
    Att.

    • Alline Oliveira de Abreu disse: 7 de janeiro de 2019 at 16:48

      O questionamento foi encaminhado à equipe do TecnoPrev e em breve o senhor será contactado para o repasse de todas as informações.

  14. Boa tarde, como funciona essa previdência? Qual o rendimento mensal? Qual o aporte mínimo? Há alguma participação da mútua para complementação do valor? Quais os requisitos para ter acesso aos recursos? O prazo dela é atrelado ao INSS?

    • Alline Oliveira de Abreu disse: 30 de janeiro de 2019 at 17:06

      Jean, suas dúvidas foram encaminhadas à equipe do TecnoPrev e, em breve, você receberá todas as informações que precisa.

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.