Cerimônia dá posse a presidente do Crea e diretores regionais da Mútua em Alagoas

Na noite do dia 1º de fevereiro, o auditório do Crea-AL foi palco da Sessão Solene que deu posse ao presidente reeleito do Crea-AL, Fernando Dacal, e aos diretores regionais da Mútua-AL, Aloísio Ferreira (diretor administrativo) e Fábio Loureiro (diretor geral). Os diretores executivos da Mútua Paulo Guimarães (presidente), Jorge Silveira (Benefícios) e Júlio Fialkoski (administrativo), prestigiaram o evento.

Compuseram a mesa de honra da cerimônia ao lado de Paulo Guimarães, Fernando Dacal, Fábio Loureiro, o secretário de Infraestrutura de Alagoas, Humberto Carvalho, representando o governador do estado; o presidente da Frente Parlamentar da Engenharia, deputado federal Ronaldo Lessa, o secretário executivo do Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil, Fernando Fortes; representando o Confea, o presidente do Crea-SE, Arício Rezende, e o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Alagoas (FIEA), José Carlos Lyra.

Em sua fala, Paulo Guimarães afirmou que, para a Diretoria Executiva da Mútua, estar presente novamente em Alagoas – estado que tem histórico de participação muito efetiva junto à Mútua – é uma satisfação enorme. Aproveitando o momento, divulgou os avanços da Instituição – que completou em dezembro 40 anos desde sua criação.

Ainda existem grandes projetos a serem tocados e desenvolvidos na atual gestão, salientou o presidente. Entre eles, citou, o de Bolsas de Estudo para dependentes de associados, a Universidade Mútua, e o novo benefício que permite que o profissional, ao recolher a ART, tenha a opção do seguro de reponsabilidade civil com desconto de 20% para associados Mútua e 6% para profissionais em geral.

“É gratificante poder aproximar a Mútua-AL, buscando esse envolvimento com os profissionais, sendo o braço social do Sistema. Assim, queremos sempre fortalecer esse vínculo, principalmente junto a cada Crea do país. A Mútua está à disposição dos Conselhos, sempre. Contem conosco e sucesso a todos!”, ensejou o presidente.

Valorização profissional

Durante seu discurso, Fernando Dacal adiantou que, nesta nova fase da gestão, vai defender a melhoria salarial dos profissionais no serviço público. Desde 2015, o Crea-AL vem buscando dialogar com os gestores públicos sobre essa necessidade, bem como sobre os lançamentos de editais que estão oferecendo salários injustos a categoria.

“A valorização do servidor público é uma das principais bandeiras que vamos defender. Venho falando com o governador Renan Filho que essa correção é uma questão de dignidade para a categoria. A maioria das propagandas do governo do Estado, e também de outros gestores, são baseadas em obras, e nós, profissionais da engenharia, fazemos parte disto. Não só o governador, mas como os prefeitos precisam reconhecer que o desenvolvimento passa pelas nossas mãos”, enfatizou Dacal.

Ainda durante sua fala, o presidente solicitou ao deputado Ronaldo Lessa (PDT), atenção às demandas da categoria para serem levadas ao Congresso Nacional, como os projetos de lei criminalizando o exercício ilegal da profissão; o da carreira de estado, para evitar disparidades de salários; e lutar para que os cargos de fiscalização pública, os de auditor, que eram privativos da engenharia, voltem a ser.

“Neste último pedido, não podemos deixar que sejamos fiscalizados por administradores, advogados e músicos. Eles não têm o conhecimento técnico para discutir assuntos de engenharia”, defendeu.

75ª Soea

O representante do Confea, Arício Rezende, destacou aos presentes a importância da 75ª Semana Oficial da Engenharia e Agronomia (Soea) – a ser realizada em Maceió dos dias 21 a 24 de agosto – para o rumo da nação brasileira. “A nova gestão, presidida por Joel Krüger, traz grandes expectativas de mudanças e posicionamento nacional. Defendemos um sistema unido e inserido nos debates que envolvam o desenvolvimento do País, como os profissionais, o desenvolvimento tecnológico e as empresas de engenharia brasileiras. A oportunidade para executar esse pensamento será em Alagoas, no maior evento de nossa categoria”, afirmou

O evento, que traz como tema “Engenharia e Ética na Reconstrução do Brasil” tem previsão de reunir cerca de 4mil profissionais.

 

Fonte: Gecom/Mútua com informações do Crea-AL

Compartilhe essa postagem:

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.