Crea-MS inova e é campeão de curtidas nas redes sociais

Redes sociais do Conselho ajudam a aumentar o contato com profissionais

Em uma iniciativa pioneira se comparada aos demais Conselhos, o Crea-MS criou seu perfil no Twitter em agosto de 2009 e sua fanpage no Facebook em 26 de dezembro de 2011. Passaram-se cinco anos e neste período o Conselho adotou as redes sociais com uma das principais formas de comunicação com os profissionais e estudantes ligados ao Sistema.

A fanpage do Conselho é a, dentre os Creas, a que mais possui mais curtidas, com 9.829 fãs, no dia 26 de setembro. A assessora de comunicação do Crea-MS, jornalista Janine Gonzalez, explica que o conteúdo que vai para as redes não limita-se ao institucional. “Procuramos fazer dos espaços, canais para compartilhamento de notícias de interesse dos profissionais, pesquisa e inovação, propagandas de cursos e eventos, datas comemorativas e com frases motivacionais e ainda divulgação de oportunidades de emprego e concursos. As redes sociais tornaram-se um importante veículo para aproximar o Conselho dos profissionais”, disse ressaltando que por meio das redes sociais também é possível tirar dúvidas e registrar manifestações que são encaminhadas à presidência ou aos setores a que se destinam.A mais recente inovação é o perfil do Conselho no Instagram, uma rede social de compartilhamento instantâneo de fotos e vídeos e que atualmente conta com  mais de 150 milhões de usuários em todo o mundo.

É comum encontrarmos as curtidas do estudante de engenharia civil Jean Jackson  nas postagens do Conselho no Facebook. "Diariamente são postadas diversas informações, como notícias, concursos, vagas, eventos, literatura, motivação, humor, entre outras. Sendo todas elas dentro do seu contexto, e acompanhas de uma arte bem elaborada e bom resumo explicativo. Sou seguidor fiel da página e com isso permaneço atualizado sobre as novidades de minha área, não só eu como todos os demais milhares que também a curtem”, disse.

Adepto às novas formas de comunicação, o engenheiro mecânico Marco Aurélio Braga, acredita que as redes sociais possibilitam uma interação maravilhosa, já que é possível criar grupos, trocar informações rápidas e sem custo, enviar fotos de obras e serviços, de cases e fazer consultas on line. "As redes possibilitaram uma maior integração com pessoas distantes, vindo a enriquecer as trocas de experiências", acredita.

Técnica em segurança do trabalho e estudante de engenharia ambiental, Amanda Silva é outra seguidora do Crea nas redes sociais. “Elas nos aproximam do Conselho, pois quase não temos conhecimento sobre seu funcionamento, onde atua, por exemplo, e como o perfil na internet temos acesso ao trabalho desenvolvido, sobre os profissionais, notícias, cursos, agronegócio e até mesmo as fotos das palestras que são postadas nos incentivam a crescer e debater ideias.  Eu acho muito interessante essa comunicação, pois é um meio que todos nós utilizamos”, avaliou Amanda.

A utilização das redes sociais não apenas para entretenimento, mas para a busca de informações tem sido cada vez mais usual. Os grupos e comunidades são cada vez mais utilizados para a troca de informações entre pessoas que possuem o mesmo interesse, como no caso das instituições de ensino, onde os professores disponibilizam conteúdo, temas para estudos e trabalhos ou mesmo comunicados. É quase algo do tipo: se não está na rede não foi dito.

O engenheiro agrônomo e professor do curso de agronomia da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) Munir Mauad conta que é cada vez mais uma necessidade a utilização das redes sociais para comunicar-se com seus alunos.

“Este tipo de comunicação, rápido e acessível, amplia a forma de como a informação chega ao alvo. Com os aparelhos telefônicos modernos, ela fica literalmente às mãos, sem ter que sair de onde estamos”, acredita o professor, ressaltando que a presença nas redes se tornou obrigatória e que somente não é mais atuante por falta de disponibilidade de tempo para acompanhar a evolução deste tipo de comunicação.

Acompanhe o #SeuConselho nas redes sociais:

fb.com/CreaMatoGrossodoSul

Instagram: @Crea_MS

Twitter: @Crea_MS

 

Fonte: Crea-MS

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.