Criada Associação Baiana de Engenharia Ambiental

O presidente em exercício do Crea-BA, engenheiro mecânico Eduardo Sousa, participou da reunião da Abena


Uma reunião realizada no último dia 21 marcou a criação da Associação Baiana de Engenharia Ambiental (Abena). Na ocasião, foi votado e aprovado o estatuto da entidade e definida a diretoria, entre outros assuntos. Cerca de 34 profissionais participaram do encontro e o processo agora segue para registro em cartório.
De acordo com uma das articuladoras da Abena, engenheira ambiental Marília Martins, que assumiu a vice-presidência da entidade, a criação de uma Associação de Engenharia Ambiental no Estado da Bahia é importante para o fortalecimento e reconhecimento da profissão no nosso estado. “A Abena tem como missão promover a união e a defesa dos interesses dos profissionais que se integram à especialidade. Como não existe uma associação de Engenharia Ambiental, ficamos sem representatividade no caso de situações adversas referente a nossa profissão”, revela.
Ela disse ainda que o estatuto define as atribuições da direção e dos associados. “Como é comum em toda associação, podem ser associados quaisquer profissionais que se sentirem dispostos, contudo só poderá ter poder de voto os formados em Engenharia Ambiental e/ou Engenharia Sanitária e Ambiental”, informa. A entidade procurou simplificar em 63 artigos toda forma de conduta baseada em legislação pertinente em outras associações. “O estatuto formaliza o modelo adequado para o alcance do principal objetivo da Abena: que é da suporte e apoio a esse legado de profissionais que anseiam em contribuir para uma sociedade mais justa e promissora”, frisa.
Representando o interior, participaram da reunião profissionais do município de Feira de Santana. Se dispuseram ainda a ajudar a entidade integrantes da Associação da Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), de Itapetinga.
Marília Martins afirma que a ideia é que a associação promova eventos, como simpósios, palestras, seminários e congressos, que contribuam para a valorização da Engenharia Ambiental no mercado profissional e na sociedade baiana. “Como profissional, acredito que com a criação da Abena, estamos dando um grande passo no reconhecimento da nossa profissão, pois estaremos unidos, acolhidos e lutando por ideais. O mundo precisa de profissionais dedicados e fortalecidos, que busquem formas de desenvolvimento sustentável aliado com o crescimento econômico”, finaliza.


Diretoria Executiva da Abena:
Presidente: Victor Vieira
Vice Presidente: Marília Martins
Secretário de Comunicação: Heliandro Silveira
Secretário Geral: Ellen Laís
Tesoureiro Geral: João Resch
Diretoria Regional: Carlos Augusto


O Conselho Fiscal é composto por:
1º – João Paulo
2º – Ana Maria
3º – Alex Caldas
Suplentes:
1º Pedro Pozzi
2º Wellington Pinho
3º Lucas Cunha

 

Fonte: Crea-BA
 

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.