Em Plenária do Confea, Mútua apresenta propostas de ajustes nos regulamentos de benefícios


Veiga também destacou os resultados positivos na concessão de benefícios em 2014

 

A apresentação da Mútua na Sessão Plenária do Confea, nesta manhã, ficou a cargo do diretor de Benefícios no exercício da Presidência, Ricardo Antonio de Arruda Veiga. Justificando a ausência do diretor-presidente da Mútua, Cláudio Calheiros, Veiga disse que era um prazer voltar à casa onde exerceu por diversas vezes mandato como conselheiro, inclusive, ocupando a presidência do Conselho por um breve período.

Ele fez questão de agradecer aos conselheiros, publicamente, a aprovação da proposta de reformulação orçamentária da Mútua, no último mês de agosto. “A aprovação permitirá a manutenção da concessão de benefícios aos mutualistas, cuja procura aumentou desde setembro do ano passado, quando os regulamentos das linhas de crédito da Mútua foram reformulados”.

Ao agradecer, novamente, a aprovação pelo Plenário das propostas de reformulação dos regulamentos de benefícios da Mútua, ocorrida no ano passado, Veiga comprovou que essa mudança teve resultados bastante positivos. “Somente neste ano, até agosto, foram concedidos mais de R$ 74 milhões em benefícios reembolsáveis e mais de R$ 665 mil em benefícios sociais”, ressaltou.

“Uma mudança deixa sempre patamares para uma nova mudança”

Citando o pensamento do historiador Nicolau Maquiavel (1469/1527), o presidente em exercício da Mútua informou ao Plenário que já foram encaminhadas ao Conselho Federal – e esperam aprovação – novas propostas para alterações dos regulamentos dos benefícios, basicamente de ordem técnica e de redação.

Entre as mudanças solicitadas estão, por exemplo, estender a utilização dos créditos para filhos de qualquer idade e pais do mutualista; permissão para compra de equipamentos como cadeira de rodas e aparelho auditivo no benefício “Garante Saúde”; e alteração do nome e objetivos do benefício “Férias Mais”, que passaria a se chamar “Viaje Mais”, podendo ser utilizado, também, para viagens com a finalidade de participação em eventos e congressos.

Além de outras adaptações propostas, está a adição de dois meses de carência para início do reembolso do benefício “Apoio Flex” e a ampliação de utilização para pessoa jurídica, desde que comprovada a participação societária do mutualista, nos benefícios “Construa Já”, “Veículos” e “Agropecuário”.

Constaram da apresentação ao Plenário, ainda, informações sobre a evolução da base de associados, indicadores financeiros, atividades desempenhadas, participação em reuniões e eventos, rentabilidade do TecnoPrev e outros.

Após a participação da Mútua, foram feitas apresentações sobre atividades das Comissões Permanentes e Especiais do Conselho Federal, através dos conselheiros coordenadores ou representantes: Comissão de Educação e Atribuição Profissional (Ceap), Gustavo José Cardoso Braz; Comissão de Controle e Sustentabilidade do Sistema (CCSS), Ana Constantina O. Sarmento de Azevedo; Comissão de Articulação Institucional do Sistema (Cais), Marcelo Gonçalves N. de Oliveira Moraes; Comissão de Ética e Exercício Profissional (CEEP), Paulo Roberto Lucas Viana; Comissão de Organização, Normas e Procedimentos (Conp), José Teixeira Ladaga; Comissão do Mérito, Darlene Leitão e Silva; e Comissão Eleitoral Federal (CEF), João Francisco dos Anjos.

 


O diretor administrativo da Mútua, Luiz Alberto Freitas Pereira, acompanha, na Plenária, as explicações de Veiga sobre os estudos com vistas à criação de Entidade Fechada de Previdência Complementar (EFPC), de modo a se adequar às exigências da Superintendência Nacional de Previdência Complementar (Previc) e visando resguardar os interesses dos mutualistas

 

Também estiveram presentes nesta manhã, na abertura da Plenária, vários presidentes de Creas, alguns deles no exercício da Presidência: Beatriz de Vasconcelos (Crea-PA), Gerson de Almeida Taguatinga (Crea-GO), Jorge Roberto Silveira (Crea-SE, também à mesa de abertura), Marcus Vinícius Santiago  Silva (Crea-MT), Nízio José Cabral (Crea-SP) e Renan Guimarães de Azevedo  (Crea-PB).

 


Mesa de abertura da Sessão Plenária nº 1.413: Nelson Agostinho Burille (coordenador da Câmara Especializada de Engenharia de Segurança do Trabalho); Jorge Roberto Silveira (coordenador do Colégio de Presidentes de Creas); presidente em exercício do Confea, Júlio Fialkoski; conselheiro João Francisco dos Anjos; Ricardo de Arruda Veiga (presidente em exercício da Mútua); e Gumercindo Ferreira (coordenador do Colégio de Entidades Nacionais)

 

Fonte: Acme/Mútua

Fotos: Flávio Mottola de Campos (Acme/Mútua)

Compartilhe essa postagem:

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.