Agricultura familiar produz 90% da mandioca na Bahia

Agricultores familiares do País produzem a maioria e os principais alimentos que chegam à mesa dos consumidores

 

A qualidade dos alimentos da agricultura familiar e a importância do seguimento para a segurança alimentar ganharam reconhecimento mundial. No Brasil os agricultores familiares produzem a maioria e os principais alimentos que chegam à mesa dos consumidores. A diversidade cultural e regional do País reflete na produção familiar.

Na Bahia, por exemplo, os agricultores familiares cultivam 90% da mandioca plantada no estado. A raiz está presente na alimentação nordestina ao longo de todo o dia, desde o café da manhã até o jantar.

De acordo com o secretário de Agricultura Familiar do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA), Valter Bianchini, cada região tem sua particularidade na agricultura familiar. “Como é uma agricultura de famílias, que vivem de geração em geração na terra, há uma relação cultural, de parentesco e de conhecimento muito importante. Preservá-la é preservar boa parte da cultura de cada região”, destaca.

O casal de agricultores familiares Evangelista Silva de Souza, 48 anos, e Rosiney de Souza, 39, planta mandioca no município baiano de Iraquara, na Chapada Diamantina, a cerca de 470 quilômetros da capital Salvador. “Aqui, o plantio é ideal, porque ela (mandioca) gosta do clima quente”, explica.

Evangelista mora com dois filhos, a nora e uma neta, há 24 anos, na comunidade Rural Boca da Mata, localizada a 12 quilômetros do centro do município. Eles vivem em um sítio de 4,2 hectares – três são destinados ao plantio de mandioca. O alimento é comercializado pela Associação Comunitária de Boca da Mata e Adjacência.

Para alavancar a produção, o agricultor familiar acessou crédito destinado ao fortalecimento da agricultura familiar, do Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). “Ajudou muito, conseguimos aumentar e melhorar a produção, o que melhorou também a nossa renda”, afirma.

Na região Nordeste, 89% dos estabelecimentos são da agricultura familiar. A Bahia é o estado com maior número de estabelecimentos familiares de todo o País, 15,2% do total.

No Brasil, a agricultura familiar é responsável por 83% da produção nacional de mandioca, 70% do feijão, 33% do arroz e 46% do milho, de acordo com os dados do Censo Agropecuário 2006.

Fonte: Ministério do Desenvolvimento Agrário

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.