XX Congresso Mundial de Engenharia de Segurança do Trabalho encerra-se nesta quarta-feira

Encerrou-se ontem (28/8), em Frankfurt (Alemanha) o XX Congresso Mundial de Engenharia de Segurança do Trabalho. O presidente em exercício do Confea, engenheiro mecânico, civil e de segurança do trabalho Júlio Fialkoski, lidera a delegação do Sistema Confea/Crea e Mútua, que conta com profissionais engenheiros especialistas em  Segurança do Trabalho.
Iniciado no dia 24/08, o Congresso conta com a participação de governos, especialistas e representantes de entidades do mundo todo. No caso do Brasil, os representantes da Associação Nacional de Engenharia de Segurança do Trabalho (Anest) e da Sociedade Brasileira de Engenharia de Segurança (Sobes), respectivamente José Delfino da Silva e Marlise de Matosinhos, elaboraram uma apresentação sobre o Marco Regulatório da Engenharia de Segurança no Brasil. O pôster sobre o assunto encontra-se disponível no local do evento. Delfino da Silva e Marlise de Matosinhos integram a delegação do Sistema Confea/Crea e Mútua e ambas as entidades compõem o Colégio de Entidades Nacionais (Cden).
Dentro da programação do Congresso, a exposição do Marco Regulatório da Engenharia de Segurança no Brasil é parte do simpósio “Cultura Preventiva”. “Esta é uma excelente oportunidade para divulgarmos as ações da Engenharia de Segurança do Trabalho brasileira, para colhermos informações de outros países sobre a formação da cultura prevencionista e podermos entender como é a relação dos profissionais com a prevenção”, afirma o engenheiro Delfino. 
Criado em 2012 por diversas entidades prevencionistas – a partir da tragédia ocorrida na cidade de Santa Maria (RS), quando mais de 240 jovens morreram vítimas de um incêndio na boate Kiss – o Marco Regulatório deve ser implantado até 2022 e tem 27 ações estabelecidas que visam disseminar a cultura da prevenção de acidentes e doenças decorrentes do trabalho no país.
Entre os vários brasileiros palestrantes no evento, destacou-se Marco Antônio Perez, representante do Ministério da Previdência Social. Perez falou sobre a experiência brasileira com doenças ocupacionais. Fazem parte da deleção o presidente do Confea em exercício, eng. mec., civ. e de seg. do trab. Júlio Fialkoski, as conselheiras federais Ana Constantina Sarmento e Darlene Leitão e Silva; a presidente da Sociedade Brasileira de Engenharia de Segurança (Sobes), Marlise de Matosinhos Vasconcellos, representando o Colégio de Entidades Nacionais; e o representante da Associação Nacional de Engenharia de Segurança do Trabalho, José Delfino da Silva.

Fonte: Confea

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.