Semana Oficial favorece a discussão das entidades de classe sobre os principais assuntos da engenharia nacional

O coordenador do Colégio de Entidades Nacionais, engenheiro de alimentos Gumercindo Ferreira da Silva, chamou atenção para a oportunidade que a 71ª Semana Oficial da Engenharia e da Agronomia (Soea) ofereceu às entidades para a troca de experiências e a reflexão acerca das principais questões internas que preocupam cada segmento da engenharia brasileira. “Até o próximo sábado, ao participar das atividades precedentes e posteriores à 71ª Soea, as entidades de classe podem-se debruçar sobre problemas e traçar os caminhos mais adequados para equacioná-los”, incentivou o coordenador. 
Entidades discutem propostas e pautas prioritárias
Os participantes da Federação Nacional de Engenheiros Agrimensores (Fenea) estabeleceram também, na tarde da última quinta-feira, os itens de pauta que serão debatidos na 3ª reunião ordinária da Coordenadoria de Câmaras Especializadas de Engenharia de Agrimensura (CCEEAGRI), que será realizada em Goiânia de 17 a 19 de agosto. A reunião preliminar foi coordenada pelo presidente da Fenea, engenheiro agrimensor Joseval Carqueja.
Outra reunião promovida foi a da Sociedade Brasileira dos Engenheiros Florestais (SBEF), que discutiu, dentre outros assuntos, a possibilidade da criação de um Ministério Florestal (MFLO). "Precisamos de um órgão para defender o desenvolvimento florestal. Nosso intuito é repercutir a ideia para que isso seja enviado ao legislativo", afirmou o ex-diretor da SBEF, engenheiro florestal Glauber Pinheiro. De acordo com o engenheiro, a proposta foi apresentada ao GT de Políticas Públicas e, quando estiver amadurecida, poderá ser encaminhada ao legislativo. 

Fonte: Crea-DF/Confea

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.