Novas instalações da Mútua-CE e Memorial do Crea-CE são inaugurados


Diretores da Mútua e o presidente do Confea inauguraram as novas instalações da Regional no Estado do CE

A Mútua inaugurou, na última sexta-feira (1º), as novas instalações da Caixa de Assistência no Estado do Ceará, mais modernas e aconchegantes. A sala, que fica localizada no 1º andar do Crea-CE, passou por reformas na parte elétrica e na disposição do espaço, tudo para oferecer um melhor atendimento aos profissionais. A solenidade de inauguração contou com a presença do presidente da Mútua, Cláudio Calheiros, dos diretores Ricardo Veiga (diretor de Benefícios) e Luiz Alberto Freitas Pereira (diretor administrativo), do presidente do Confea, José Tadeu, e de diretores regionais da Mútua, que estavam no Ceará participando da 6ª Reunião das Caixas Nordeste.

 O diretor regional da Mútua no Estado, engenheiro agrônomo José Maria Freire, agradeceu e ressaltou o clima de perfeita sintonia com o presidente do Crea-CE, Victor Frota, e com os demais integrantes da diretoria do conselho. “Fizemos uma nova adaptação na sala com mais divisórias, novas instalações na parte elétrica, para atender melhor as necessidades da Mútua. E para participar desse momento com a gente, vieram vários representantes das Caixas no Brasil ao Ceará”, falou.

Crea-CE inaugura Memorial


Compuseram a mesa da solenidade de inauguração do Memorial: o ex-presidente do Crea-CE, Otacílio Borges, o senador da República, José Pimentel, o presidente do Confea, José Tadeu, o presidente do Crea-CE e anfitrião da noite, Victor Frota Pinto, o diretor-presidente da Mútua, Cláudio Calheiros, a vice-precuradora geral da justiça,  Eliane Alves Nobre, e o diretor geral da Mútua-CE José Maria Freire

Em uma iniciativa de preservar a história da engenharia no Estado, o Crea-CE inaugurou, também no dia 1º, o Memorial Engenheiro Civil José Augusto Fiúza Pequeno, localizado no segundo andar da Sede da autarquia. O espaço recebeu esse nome em in memoriam ao segundo presidente do Crea, engenheiro civil José Augusto Fiúza Pequeno.

No acervo do Memorial estão cerca de 20 peças, como, teodolito, réguas de cálculos, calculadoras ligadas à engenharia na década de 50, máquinas de datilografar, voltímetro, manômetro, roda ferroviária empregada em alto de linha, fotografias, entre outras, fazem parte do acervo. O acervo data desde 1936, ano de criação do Conselho. Há ainda referências históricas, inclusive iconográficas, a projetos de grande valor para a sociedade cearense, como a construção dos açudes Orós e Castanhão.

 

Fonte: Acme/Mútua (com informações do Crea-CE)

Fotos: Mútua-CE

Compartilhe essa postagem:

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.