Região Nordeste lidera apresentação de trabalhos no Contecc


A primeira edição do Congresso Técnico e Científico da Engenharia e da Agronomia (Contecc) destaca-se pelo número de trabalhos apresentados, quase 600, seguida da expressiva participação da Região Nordeste, em especial, a Paraíba com 190 trabalhos, seguido do Piauí (estado anfitrião do evento) com 68 trabalhos.
Entre os quase 600 trabalhos recebidos, 21 foram classificados e serão apresentados oralmente e os outros aprovados estarão disponíveis durante a conferência em forma de pôsteres. “Ainda haverá uma mesa redonda com os premiados, que terão 20 minutos para apresentar suas ideias. Todos os autores selecionados em determinado horário ficarão à disposição do público para troca de informações e aprofundamento do trabalho”, explicou o conselheiro. Ao todo, foram classificados 21 trabalhos conforme critérios estabelecidos pelo Contecc. Essa classificação não ranqueia os trabalhos, apenas separa por áreas. Quando houve empate na pontuação, o critério de desempate foi contemplar o estado brasileiro que ainda não tivesse trabalho classificado entre os 21; ao fim do processo 14 unidades federativas foram representadas entre os vencedores  desta primeira edição do Contecc.
À frente do Grupo de Trabalho responsável por organizar o Congresso, o conselheiro federal e engenheiro agrônomo José Geraldo Baracuhy, explica que esse número representa o trabalho de mobilização feito pela comunidade acadêmica, em especial da Universidade Federal de Campina Grande (PB), junto aos estados vizinhos. “Esse corpo a corpo feito aqui deve ser replicado nas outras regiões, ampliando ainda mais o número de trabalhos para a edição de 2015 em Fortaleza”, disse Baracuhy.
Segundo Baracuhy, o pesquisador às vezes tem resistência à primeira edição de eventos como esse. Entretanto, com o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) há uma chancela em relação ao Congresso perante a comunidade tecnológica e científica.   “Para a segunda edição será ainda mais fácil atrair os participantes, pois já haverá um histórico, assim como o banco de dados que ficará acessível a todos no site do Confea para que possa ser consultado”.
Os trabalhos não aprovados em 2014 estão automaticamente inscritos para o próximo ano, desde que sejam ajustados conforme as normas do Congresso e reenviadas para contecc2015@gmail.com. O Contecc 2015 será realizado em Fortaleza de 15 a 18 de setembro.

Sobre o Contecc
Com a criação do Congresso, o Sistema Confea/Crea e Mútua visa articular a comunidade da Engenharia e da Agronomia do Brasil com a inovação para o desenvolvimento. Propõe também estabelecer ambiente adequado para discussão e análise de oportunidades de inovação nas atividades profissionais voltadas à Engenharia e à Agronomia no contexto do desenvolvimento do País, com foco nos temas inovação, planejamento urbano, recursos hídricos e energéticos, tecnologias inovadoras na agropecuária, incubação e empreendedorismo, casos de sucesso, e interação das instituições de ensino com o Sistema Confea/Crea e Mútua e com as empresas. 
“Essa é uma temática que necessita de muita divulgação no País. E com apoio do Confea, que tem uma marca de respeito, podemos chegar aonde chegamos: a esse número expressivo de interessados em apresentar seus projetos ao público participante da 71ª Soea. Quanta riqueza estava escondida e quantas pessoas vão passar a saber das inovações tecnológicas projetadas por estudantes e profissionais do mercado”, avalia com entusiasmo a doutora em Engenharia Agrícola e integrante do GT organizador do Congresso Aline Costa Ferreira. 
Para o conselheiro federal representante do Piauí, engenheiro civil Marcelo Morais, o apoio do Confea no desenvolvimento dessa iniciativa inovadora está sendo fundamental para o alcance do resultado positivo. “Parabenizo o presidente José Tadeu pela percepção da relevância de se incluir o tema inovação no cenário do Sistema”, elogia Morais. Ele acredita que o Contecc gerará uma memória de informações e conhecimentos para a área tecnológica. “Os trabalhos serão disponibilizados no portal do Confea e na página do Contecc, que funcionarão como referência de pesquisa contribuindo para a formação profissional dos estudantes de todos os níveis de graduação e pós-graduação”, destacou.

Fonte: Confea

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.