Você sabe o que faz um engenheiro aquicultor?

Aproveite este dia 14 de julho, data em que é comemorado o Dia do Engenheiro Aquicultor, para conhecer a profissão

Todo o planejamento, desde a produção dos embriões de peixe, a engorda, o processamento, até a comercialização de alimentos e derivados de origem aquática, como peixes, crustáceos, moluscos e plantas, é tarefa do Engenheiro Aquicultor.  É ele quem projeta, executa e supervisiona a criação desses animais em cativeiro, além de acompanhar o processo de conservação dos produtos. As principais áreas de atuação desse profissional estão ligadas a projetos de fazendas marinhas, gestão e controle de produção, beneficiamento de peixes e crustáceos e à Ecologia Aquática.

O curso superior de Engenharia de Aquicultura é relativamente novo no Brasil, tendo sido criado em 2003, na Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). A área ainda é pouco conhecida pela sociedade, mas representa importante força de trabalho no desenvolvimento de tecnologias que melhoram a qualidade e a quantidade dos pescados produzidos no País.

Em 2010, segundo dados do Ministério da Pesca e Aquicultura (MPA), a Aquicultura brasileira produziu mais de 479 mil toneladas de pescado, sendo que desse total, mais de 85 mil toneladas foram de pescados advindos da Maricultura (Aquicultura Marinha) e mais 394 mil toneladas da aquicultura de água doce. Esses números representam um aumento de 361% em relação a 1998, ano em que a produção pesqueira da Aquicultura no País foi de 104 mil toneladas.

Apesar desse crescimento, os profissionais da área dizem que falta investimento no setor. “Acho que a Engenharia de Aquicultura no Brasil está aquém do poderia estar, faltam políticas públicas de incremento. Observando a aquicultura na Europa e até mesmo no restante da América do Sul, vemos que a situação é outra. Acredito em nosso potencial, tanto que continuo na área, em contraste com muitos profissionais que deixaram a Aquicultura”, ponderou o engenheiro aquicultor Charles Suhnel, de Florianópolis (SC), o primeiro profissional da categoria em SC a requerer o registro profissional no Crea-SC, em 2007.

Outra curiosidade sobre o engenheiro aquicultor é que seu aniversário também é comemorado em 14 de julho. Possivelmente, o Dia do Engenheiro Aquicultor foi estabelecido nesta data em virtude de Suhnel ter sido o primeiro profissional registrado no País. O Engenheiro Aquicultor, que é associado da Mútua, trabalha em uma empresa privada no departamento de beneficiamento de pescado.

 

 

Fonte: Acme/Mútua

Compartilhe essa postagem:

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.