Presidente do Confea traça histórico para conselheiros do Crea-ES

Um encontro que tratou sobre ética profissional, legislação e planejamento estratégico para o Espírito Santo foi realizado pelo Crea-ES no último final de semana (de 13 a 15/6), no município capixaba de Martins. Foi o Encontro de Conselheiros 2014, que trará como resultado um documento com diretrizes da área tecnológica para subsidiar o próximo governo estadual sobre infraestrutura; desenvolvimento no agronegócio; indústria e comércio; desenvolvimento regional; ciência, tecnologia e inovação; e bem estar e qualidade de vida. Palestrante durante o encontro, o presidente do Confea, eng. civ. José Tadeu da Silva, abordou a história da legislação do Sistema Confea/Crea e Mútua, precedendo o momento em que os participantes foram divididos em grupos para elaboração do documento a ser entregue ao governo. Na ocasião, Tadeu tratou da valorização profissional, ressaltando a importância da fiscalização profissional, de forma a evitar a atuação de profissionais não habilitados, protegendo a sociedade. É nesse ponto que se encontra a importância de se defender os conselhos profissionais. Em sua palestra, o presidente do Confea mencionou a atuação dos 29 conselhos profissionais existentes no Brasil, responsáveis pela fiscalização de cerca de 3,6 mil atividades profissionais. Durante sua palestra, José Tadeu da Silva traçou o panorama histórico do Sistema Confea/Crea e Mútua, iniciado no que chama de “gênese do Sistema”, em 1933, quando o então presidente Getúlio Vargas assinou os decretos que deram início à regulamentação das atividades dos agrônomos, engenheiros, arquitetos e engenheiros agrimensores.

Fonte: Confea

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.