Encontro de Conselheiros do Crea-ES reúne lideranças do Sistema


Conduzida pelo presidente do Crea-ES, Helder Carnielli (em pé, ao púlpito), a abertura do Encontro teve à mesa o conselheiro federal pelo ES, Marcos Motta, o presidente do Crea-AL, Roosevelt Patriota, o presidente do Confea, José Tadeu, o diretor-presidente da Mútua, Cláudio Calheiros, e o coordenador do Colégio de Presidentes e presidente do Crea-SE, Jorge Roberto Silveira

Foi realizado de sexta a domingo (13 a 15), em Domingos Martins (ES), o Encontro de Conselheiros do Crea-ES 2014, com a presença de conselheiros, inspetores, representantes de entidades de classe e da área tecnológica, do presidente do Confea, engenheiro civil José Tadeu, do diretor-presidente da Mútua, engenheiro agrônomo Cláudio Calheiros, do coordenador do Colégio de Presidentes e presidente do Crea-SE, engenheiro civil Jorge Roberto Silveira, e do presidente do Crea-AL, engenheiro civil Roosevelt Patriota, entre outros representantes do Sistema Confea/Crea e Mútua.. Tendo como foco discussões relativas à “Avaliação do Plano Estratégico 2012/2017: resultados e perspectivas para o Crea-ES e proposta para o novo governo”, o Encontro originou diretrizes da área tecnológica para subsidiar o próximo governo estadual sobre infraestrutura, desenvolvimento no agronegócio, indústria e comércio, desenvolvimento regional, ciência, tecnologia, inovação, bem-estar e qualidade de vida.

Na solenidade de abertura, o presidente do Crea-ES, engenheiro agrônomo Helder Carnielli, agradeceu a presença de todos e ressaltou o papel e a atuação de conselheiros, inspetores, representantes de entidades de classe e de outras entidades da área tecnológica. “De forma honorífica, sem nenhuma forma de remuneração, eles se empenham na luta pela valorização profissional e pelo fortalecimento do Conselho”, elogiou o presidente do Crea-ES.


Calheiros durante a abertura do Encontro, em Domingos Martins

Além de destacar a importância das discussões ocorridas nos três dias do Encontro, o diretor-presidente da Mútua falou sobre os trabalhos da Caixa de Assistência, enfatizando a parceria da Mútua com os Creas no desenvolvimento e valorização dos profissionais, no fortalecimento do Sistema e no aperfeiçoamento constante da área tecnológica brasileira.

Palestrante durante o encontro, o presidente do Confea abordou a história da legislação do Sistema Confea/Crea e Mútua. Na ocasião, Tadeu tratou da valorização profissional, ressaltando a importância da fiscalização profissional, de forma a evitar a atuação de pessoas não habilitadas, protegendo a sociedade. “É nesse ponto que se encontra a importância de se defender os conselhos profissionais", disse ele. Em sua palestra, o presidente do Confea mencionou a atuação dos 29 conselhos profissionais existentes no Brasil, responsáveis pela fiscalização de cerca de 3,6 mil atividades profissionais. José Tadeu traçou, ainda, o panorama histórico do Sistema, iniciado no que chama de “gênese do Sistema”, em 1933, quando o então presidente Getúlio Vargas assinou os decretos que deram início à regulamentação das atividades dos agrônomos, engenheiros, arquitetos e engenheiros agrimensores.

Documento dirigido ao futuro governo estadual

Divididos em grupos, os participantes procederam debates sobre  os temas elencados para o Encontro. Os dados levantados na ocasião serão sistematizados em formato oficial, a ser finalizado no mês de julho. O documento será entregue ao próximo governador do Estado, para que seja usado como base na formulação de políticas públicas.

 

Fonte: Acme/Mútua (com informações do Crea-ES e do Confea)

Fotos: Crea-ES

Compartilhe essa postagem:

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.