Em Plenária histórica, presidente da Mútua parabeniza o Crea-PR por seus 80 anos


A Sessão Plenária foi bastante prestigiada por lideranças do Sistema e de entidades representativas

Sessão Plenária realizada na noite desta terça-feira (10), na sede do Crea-PR, em Curitiba (PR), marcou o início das comemorações dos 80 anos do Conselho, celebrados oficialmente hoje, 11 de junho. Há exatos 80 anos, o Crea-PR realizou sua primeira sessão plenária, na sede do Instituto de Engenharia do Paraná, conduzida pelo engenheiro civil Flávio Suplicy de Lacerda primeiro presidente do Conselho.


Calheiros parabenizou o Crea-PR por seus 80 anos de tradição, dedicação e empenho com os profissionais do Estado

Prestigiada por conselheiros regionais, conselheiros federais, ex-presidentes do Crea, lideranças do Sistema Confea/Crea e Mútua e funcionários do órgão, além de autoridades como o deputado estadual e engenheiro agrônomo Rasca Rodrigues, a plenária foi iniciada com a entrega de placas comemorativas. O diretor-presidente da Mútua, engenheiro agrônomo Cláudio Calheiros, prestigiou a solenidade e fez questão de registrar sua homenagem ao CREA-PR, parabenizando a Instituição por seus 80 anos de tradição, dedicação e empenho com os profissionais do Estado.

As placas comemorativas foram entregues ao presidente do Confea, engenheiro civil José Tadeu da Silva, aos ex-presidentes arquiteto e urbanista Armando Strambi (gestão 1973-1978), engenheiro civil Orlando Maciel Strobel (1991-1996) e engenheiro agrônomo Álvaro José Cabrini Júnior (2006-2011); ao conselheiro federal e engenheiro civil Francisco José Teixeira Coelho Ladaga, ao conselheiro estadual e engenheiro civil Pedro Nelson (representando os conselheiros do Plenário), a responsável pelo DECOP Roseli Santin e ao assessor administrativo da Gestão de Qualificação Profissional e da Ouvidoria e assessor da Câmara de Mediação e Arbitragem Newton do Rocio Strojenski (representando os funcionários do Crea-PR).


Joel Krüger: anfitrião da noite
 

“Quando o Crea-PR iniciou suas atividades, o Paraná tinha 1,2 milhão de habitantes, contra os cerca de 11 milhões atuais. O Conselho e os profissionais da Engenharia, Agronomia e Geociências, Tecnólogos e Técnicos estavam presentes em momentos históricos como a criação da Copel, da Sanepar, da antiga Telepar e tantos outros fatos brilhantes da Engenharia. Independente da época e do contexto social, nossos mais de 80 mil profissionais registrados seguem ativamente na luta pelo desenvolvimento do Estado. Todas as profissões reunidas de maneira harmônica avançam dia após dia nos trabalhos em prol dos profissionais paranaenses das áreas tecnológicas”, explanou o presidente do Crea-PR, engenheiro civil Joel Krüger, que também destacou o trabalho realizado por todos os ex-presidentes que o antecederam.


José Tadeu: "O Brasil precisa de Engenharia para progredir e, como sempre, o Paraná é um exemplo a ser seguido"

“Nesta data, enalteço o trabalho das entidades de classe que integram o Ccrea-PR, bem como o histórico muito positivo de conselheiros federais, que têm qualificado as decisões do nosso plenário. Da mesma forma, a participação fundamental do Paraná, através do Colégio Regional de Entidades (Cder) na edição das resoluções n° 1.052 e 1.053. O Brasil precisa de Engenharia para progredir e, como sempre, o Paraná é um exemplo a ser seguido”, acrescentou o presidente do CONFEA, engenheiro civil José Tadeu da Silva.

“O Crea-PR foi importante em diversos momentos da política paranaense e é respeitado pela classe política do Paraná. Ocupando apenas 2,3% do território nacional, o Paraná consegue ser referência em diversas áreas graças à inteligência dos profissionais do Sistema Confea/Crea e Mútua, que ajudaram a erguer este Estado”, afirmou o engenheiro agrônomo e deputado estadual Rasca Rodrigues, que recebeu das mãos do assessor de assuntos estratégicos do Crea-PR, engenheiro eletricista Luiz Carlos Correa Soares, um exemplar do livro "Uma Contribuição para Planos de Desenvolvimento do Paraná", coordenador do estudo. O livro foi entregue a todos os conselheiros e será entregue aos gestores públicos de todo o estado.

“O Conselho é um ambiente de muito aprendizado e nós do IEP vimos o Crea-PR crescer e se fortalecer. É um privilégio trabalhar em conjunto e participar da sua história”, comentou o engenheiro civil Cássio Ribas de Macedo, presidente do Instituto de Engenharia do Paraná (IEP).


Ladaga destacou a valorização profissional

“O Crea-PR é uma história de boas gestões e a presença de tantos ex-presidentes nesta sessão mostra a continuidade de um processo de valorização profissional seguido por todos que aqui estão”, disse o conselheiro federal e engenheiro civil Francisco José Teixeira Coelho Ladaga.

“Este é um momento de comemorar e fazer uma reflexão sobre nossas atividades. Em nome dos ex-presidentes, agradeço o presidente Joel pelo trabalho e por manter o Crea-PR na vanguarda da responsabilidade, da ética e da inovação”, enalteceu o presidente na gestão 2006-2011, engenheiro agrônomo Álvaro Cabrini Junior.

Em sua fala, o presidente da gestão 73-78, arquiteto e urbanista Armando Strambi recordou mudanças ocorridas durante sua gestão, como o Ato 20, que determinou o preenchimento das Anotações de Responsabilidade Técnica (ART) e resultou em um grande salto na arrecadação, mudando o perfil das entradas no Conselho. “Dentro deste contexto, o trabalho dos inspetores foi primordial para levar estas novas informações às entidades de classe, a partir da interiorização do Conselho”, lembrou.

“Esta homenagem hoje recebida deve ser estendida a todos os conselheiros que contribuem para que o Crea-PR exerça sua missão dentro de uma relevância nacional. A cada dia me impressiono como são aguerridos aqueles que aqui estão, guerreiros incansáveis de uma atividade que é o voluntariado”, agradeceu o engenheiro civil Pedro Nelson.

“Tenho orgulho em fazer parte da história do Crea-PR e saber que contribuí com o seu desenvolvimento. Cada presidente, conselheiro e funcionário soube fazer bem o seu trabalho e colaborar para tornar o Conselho um modelo entre os demais Creas nacionais”, comentou a homenageada Roseli Santin.

Ao final da solenidade, o presidente Krüger fez o descerramento das placas instaladas no Plenário em homenagem aos 80 anos. A placa contém o nome de todos os conselheiros titulares e suplentes que compõe o Plenário em 2014.

 

Fonte: Crea-PR (com inserções)

Fotos: Crea-PR

Compartilhe essa postagem:

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.