Mútua presta homenagem aos geógrafos e geólogos

Dia 29 de maio é o comemorado o Dia do Geógrafo, profissional de grande destaque pela relevância e abrangência dos temas trabalhados em seu campo de atuação. Os geógrafos desenvolvem estudos e pesquisas relacionadas à interação humana, com base nos aspectos ambiental, social, econômico, politico, geológico e biogeográfico.

Quem cursa Geografia opta por seguir a carreira de bacharel ou licenciatura. No caso da área técnica (bacharelado), o profissional precisa ter o registro do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (Crea) e pode trabalhar em órgãos de planejamento urbano como secretarias estaduais e municipais, institutos ligados ao estudo dos solos, institutos agronômicos, geológicos, projetos ambientais, empresas de mapeamento, entre outros. No âmbito da licenciatura, a habilitação é destinada ao ensino da Geografia.

Os geógrafos exercem um papel muito importante, auxiliando no planejamento urbano, no manejo de recursos naturais, no planejamento da construção de hidrelétricas e polos industriais, que são fundamentais para a sociedade, mas que exigem responsabilidade para que o impacto ambiental seja o menor possível.

A esses profissionais, que também cuidam do nosso planeta, todo o respeito, consideração e estima da Mútua. Além disso, a Caixa de Assistência deseja que todos os geógrafos tenham a Instituição como ponto de apoio, no desenvolvimento pessoal e profissional, como fez o geógrafo Rildo Dias da Silva, que já morou em Brasília (DF), mas atualmente reside em Boa Vista (RR), e é associado da Mútua desde 2012. Ele revela que pôde contar com o amparo da Mútua nas duas cidades em que morou. “Em Brasília solicitei empréstimo da Mútua para reformar meu apartamento (Construa Já) e, mais recentemente, aqui em Boa Vista, para comprar um carro (Veículos). Sempre fui muito bem atendido e os juros são muito bons”, ressalta.

Outra geógrafa associada à Mútua, que também conta com todas as facilidades que a Instituição oferece, é Cristiane de Mello Sampaio, de Brasília. Mutualista desde 2004, a geógrafa já utilizou quatro benefícios da Mútua, entre eles o Apoio Flex e o Férias Mais, e garante que é “fã de carteirinha” da Caixa de Assistência. “Gosto muito dos serviços prestados pela Mútua e sempre recomendo a todos os meus conhecidos com registro no Crea que também se associem à Mútua. O atendimento é muito bom e rápido e os juros aplicados são bem atrativos. Realmente é um grande ganho para os profissionais”, afirma a geógrafa.

30 de maio Dia do Geólogo

Entre as profissões registradas nos Creas temos a dos geólogos, que estudam a estrutura e os processos que formaram a Terra, sua evolução ao longo do tempo e os aspectos práticos da aplicação desses conhecimentos para o bem comum.

Em referência a esses profissionais, foi instituído o dia 30 de maio como o Dia do Geólogo. A Mútua, que tem geólogos entre os seus associados, presta homenagem nesta data, falando um pouco sobre esta admirável profissão.

O geólogo estuda a ação das forças naturais sobre o planeta e seus efeitos, como a erosão, a glaciação e a desertificação. Para isso, ele pesquisa e analisa fósseis e minerais e a topografia dos terrenos. Também localiza e acompanha a exploração de jazidas de minério, depósitos subterrâneos de água e reservas de petróleo, carvão mineral e de gás natural. Faz parte de suas preocupações a contenção dos danos que a exploração desses recursos pode causar ao meio ambiente.

Esse profissional elabora relatórios de impacto ambiental e analisa o terreno antes da realização de grandes obras, como túneis, barragens, reservatórios, usinas, estradas, ferrovias, pontes e aterros. A indústria do petróleo e as áreas da geologia ambiental e da geotécnica são outras áreas que os profissionais da Geologia podem atuar.

O coordenador nacional da Coordenadoria de Câmaras Especializadas de Geologia e Minas (CCEGM) do Confea, geólogo José Ribamar Lopes Bezerra, fez um panorama da profissão, do mercado de trabalho e do ensino da Geologia no País. Segundo ele, o mercado está afetado pela crise econômica mundial iniciada em 2008, que gerou redução das atividades da indústria do petróleo e de mineração, caracterizada especialmente pela queda no preço das commodities minerais no mercado internacional. Outro ponto que tem tido destaque neste meio, explica o coordenador da CCEGM, é a proposta do governo sobre o novo marco regulatório da mineração, que recebeu fortes críticas das entidades profissionais e setores empresariais, especialmente pela falta de discussão prévia com o setor, bem como pela paralisação provocada na análise de novos títulos minerários pelo Departamento Nacional de Produção Mineral (DNPM). "A CCEGM emitiu documento cobrando mudanças na proposta do governo. Esses fatores impactaram negativamente o mercado de trabalho dos geólogos e engenheiros de minas, reduzindo o dinamismo do emprego recentemente", comenta Bezerra.

O ensino de Geologia está presente em 33 faculdades distribuídas no país, geograficamente concentradas na região sul-sudeste e, ainda pouco representadas nos Estados do norte e nordeste. “Na atualidade, os cursos de geologia mostram crescimento com aumento da participação feminina, em contraste à dominação masculina prevalecente. A empregabilidade apresenta-se diversificada pela atuação em novos setores, incluindo a Geologia urbana e riscos, meio ambiente, recursos hídricos, recuperação de áreas mineiras degradada, patrimônio geológico e mineiro”, relata o geólogo.

O coordenador ainda destaca que a CCEGM tem pauta permanente de ações com foco em assuntos como o exercício profissional, os riscos ambientais em áreas urbanas, a responsabilidade técnica na extração da argila vermelha, atuação de profissionais estrangeiros no Brasil e garimpos e lavra clandestina. Além disso, a Coordenadoria Nacional aprovou, em sua última reunião, a proposta de programação do grupo para a 71ª SOEA, que deverá abordar, entre outros temas,a Geologia urbana, recursos hídricos; organização garimpeira e a eficiência das Câmaras técnicas.

"Temos enorme campo de trabalho na construção de um Brasil melhor, em que nossa contribuição para o desenvolvimento nacional, pela geração de riqueza e importantes descobertas, de petróleo, ouro, ferro, sirvam para propiciar condições de vida digna ao nosso povo", esta é a mensagem do Coordenador da CCEGM a todos os geólogos. Ele finalizou ressaltando que "a Mútua é um grande pilar do Sistema Crea/Confea, de fundamental importância aos profissionais". 

Associe-se à Mútua

Então, fica aqui a dica para todos os profissionais da área tecnológica: associe-se à Mútua e aproveite todas as vantagens e facilidades dos benefícios reembolsáveis e sociais e, ainda, as promoções dos convênios nacionais e regionais, os planos de saúde e a segurança do TecnoPrev, o plano fechado de previdência complementar dos profissionais da área tecnológica. Aqui no site da Mútua você encontra todas as informações para se associar e também sobre os serviços e produtos da Mútua. Através da nossa Central de Relacionamento, você também pode tirar todas as suas dúvidas: 0800 61 0003.

 

 

Fonte: Acme/Mútua

Compartilhe essa postagem:

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.