Começa Treinamento Nacional de Fiscalização do Sistema Confea/Crea

O Confea, por meio de sua Comissão de Ética e Exercício Profissional (CEEP), promove, até quarta-feira (14/5), o primeiro Treinamento Nacional de Fiscalização do Sistema de 2014. Reunindo agentes fiscais de todo o país, o evento visa a ouvir experiências e coletar as dificuldades dos participantes, além de propor padronizações dos processos. “O que queremos deste evento é a uniformização, respeitadas as particularidades de cada região. Precisamos de que a fiscalização funcione de forma uníssona em todo o Brasil”, afirmou o vice-presidente do Confea, eng. mec., civ. e de seg. trab. Julio Fialkoski, que, durante a abertura do evento, representou o presidente do Confea, eng. civ. José Tadeu da Silva.

Na tarde desta segunda-feira, a ex-presidente do Crea-DF e atual conselheira do mesmo regional, eng. civ. Lia Sá, ministra palestra sobre o tema “Meio Ambiente”. “Vou tratar da interface das ações do Crea com as ações de instituições ambientais”, explicou no início da palestra. Outro tema previsto na programação é a acessibilidade. Após as palestras, ainda na tarde do primeiro dia da programação, os participantes serão divididos em grupos de trabalho. Reunidos em grupos menores, os participantes deverão propor padronizações de procedimentos separados por modalidades (Civil, Elétrica, Industrial, Agrimensura, Agronomia, Geologia, Química, Florestal e Segurança do Trabalho).

Mesa de abertura

Além do presidente do Crea-DF, participaram da mesa de abertura do treinamento os conselheiros federais Júlio Fialkoski, João Francisco dos Anjos, Arciley Alves Pinheiro, José Geraldo Baracuhy e Leonides da Silva Neto, além da conselheira e coordenadora da CEEP, Darlene Leitão. “Aqui é momento de vocês colocarem as necessidades de vocês. Vocês, que lidam com a fiscalização no dia a dia, são quem deve nos dizer qual é a prioridade”, afirmou Darlene.

A necessidade de fazer a fiscalização do exercício profissional funcionar de forma uníssona em todo o país, respeitando-se as peculiaridades de cada região, foi ressaltada por todos os conselheiros federais presentes. O conselheiro Arciley Pinheiro mencionou como passos para atingir essa meta a Decisão Normativa nº 95/2012 – que aprovou as Diretrizes Nacionais da Fiscalização do exercício e da atividade profissional do Sistema Confea/Crea – e a elaboração de um manual da fiscalização, que será submetido à contribuição dos participantes do treinamento durante a programação.

Já o conselheiro federal Leonides Neto mencionou a importância de se criarem indicadores a serem aplicados em todos os Creas e mencionou como exemplo o número de ARTs emitidas por profissional registrado naquela jurisdição. “A gente precisa gerar índices para podermos identificar dificuldades, comparar e planejar ações”, sugeriu. 

A expectativa do presidente do Crea-DF, eng. civ Flávio Correia de Sousa, é que o treinamento resulte em uma fiscalização fortalecida.  “Tem sido uma postura do presidente do Confea, José Tadeu da Silva, promover encontros desse tipo, no sentido de uniformizar procedimentos para que todos falemos a mesma língua”, destacou. 

 

Fonte: Confea

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.