Perspectivas, rumos e ações: tema do Encontro de Representantes do Sistema Confea/Crea e Mútua


O presidente da Mútua, engenheiro agrônomo Cláudio Calheiros, falou sobre a relevância do momento para o Sistema e para os profissionais 

Rumos, ações e perspectivas para o Sistema Confea/Crea e Mútua em 2014: este foi o tema balizador para o 3º Encontro de Representantes do Sistema, evento que teve início nesta segunda-feira (24), em Brasília (DF).

Contando com a participação de mais de 650 pessoas, lideranças do Sistema – conselheiros federais, presidentes de Creas, diretores da Mútua, presidentes de entidades, membros dos Creas Jovens, entre outros -, o Encontro foi aberto com a palestra do presidente do Confea, engenheiro civil José Tadeu da Silva, “Novos rumos do Sistema: perspectivas para o futuro”. O evento contou, ainda, com a eleição dos novos coordenadores do Colégio Nacional de Entidades (Cden), do Colégio Nacional de Presidentes e das Câmaras Especializadas. Também no âmbito da Mútua, foram realizadas eleições para coordenadores regionais de cada uma das Regiões do País.

A Mútua marcou forte presença no evento, com a participação de sua Diretoria Executiva e diretores regionais de todos os Estados, que estão na Capital Federal onde, também, participam do 1º Encontro de Diretores, Gestores e Supervisores da Mútua.

Na abertura solene do 3º Encontro de Representantes do Sistema Confea/Crea e Mútua, compuseram a mesa dos trabalhos, além de José Tadeu, o vice-presidente do Confea, conselheiro federal Júlio Fialkoski, o presidente do Crea-DF, engenheiro civil e de Segurança do Trabalho Flávio Correa de Sousa, o diretor-presidente da Mútua, engenheiro agrônomo Cláudio Calheiros, o então coordenador do Colégio de Presidentes e presidente do Crea-MS, engenheiro civil Jary de Carvalho e Castro, o coordenador do Colégio de Entidades Nacionais (Cden) e presidente da Associação Brasileira de Engenheira de Alimentos (Aben), engenheiro de Alimentos Gumercindo Ferreira da Silva, a coordenadora da Câmara Especializada de Engenharia Química, engenheira química Maria Helena Caño de Andrade, o coordenador adjunto da Comissão de Ética e Exercício Profissional (Ceep), conselheiro federal  engenheiro mecânico Paulo Roberto Lucas Viana, a coordenadora da Comissão de Controle e Sustentabilidade do Sistema (CCSS), conselheira federal engenheira eletricista Ana Constantina Oliveira Sarmento, o coordenador adjunto da Comissão de Educação e Atribuição Profissional (Ceap), conselheiro federal  engenheiro mecânico Gustavo José Cardoso Braz, o coordenador da Comissão de Organização, Normas e Procedimentos (Conp), conselheiro federal  engenheiro civil Francisco José Teixeira Ladaga, e o presidente da Associação Nacional dos Servidores Engenheiros, Arquitetos e Agrônomos do Poder Executivo Federal (Anseaf), engenheiro José Roberto Senno.


Cerca de 650 pessoas lotaram o auditório do Hotel Royal Tulip, local do evento

Falas corroboram a importância do evento

A relevância do momento para a área tecnológica e para o País e a importância do Encontro de Representantes do Sistema foram temas recorrentes nas falas das autoridades da mesa de abertura. O presidente da Mútua enfatizou o número expressivo de participantes no encontro e pontuou alguns temas que serão discutidos nos três dias do evento. “É muito importante estarmos com esse auditório lotado nesta grande mobilização, pois vamos discutir importantes questões do nosso Sistema. Também não podemos esquecer que este ano é um ano importantíssimo, que teremos eleições para presidente e governadores, deputados e senadores e, assim, precisamos debater, em nível nacional e também em nossos Estados, as questões de estrutura e todas as questões para que possamos ter nas áreas tecnológicas, a Engenharia e a Agronomia, projetos que possam trazer melhorias para nosso País e para o Sistema. Esse encontro é de extrema importância, pois congrega reuniões dos principais fóruns do Sistema, Cden, Colégio de Presidentes e Câmaras Especializadas, além da presença de conselheiros federais e conselheiros regionais. Aqui vamos discutir e planejar as demandas que serão levadas para o Sistema neste ano”. Calheiros ainda destacou o fortalecimento da Mútua: “A Mútua hoje e cada vez mais se consolida no Sistema, fazendo seu papel de assistência ao profissional e levando melhor qualidade de vida através de seus produtos”.

Para o presidente do Crea-DF, o encontro é “o mais importante evento da categoria”, pois abrange reuniões muito relevantes e tem a finalidade de apontar novos rumos e perspectivas. O vice-presidente do Confea, Júlio Fialkoski, destacou que o encontro terá três dias de trabalho intenso e que a participação de todos “aglutina forças na defesa do Sistema”. Já o coordenador do Cden agradeceu o apoio dos conselheiros, dos Creas, das Câmaras Especializadas e das entidades nacionais do colegiado que preside na colaboração com o Sistema “fazendo com que ele estivesse presente e fortalecido ao longo de 2013”. Gumercindo disse: “Que possamos debater e discutir todos os temas com a maturidade que sempre colocamos à disposição do nosso Sistema”. A coordenadora Maria Helena conclamou: “Que tenhamos um 2014 muito produtivo”.

Atenção para com os futuros profissionais, representados pelos Creas Jovens, foi o pedido do então coordenador do Colégio de Presidentes. Segundo Jary de Castro, eles terão a missão de “oxigenar o Sistema”. O presidente do Crea-MS ainda enfatizou que o Sistema necessita de mais dinamismo em algumas questões e finalizou com a reflexão: “Precisamos parar de olhar para a árvore e olhar para a floresta”.

A conselheira Ana Constantina, como ela mesmo disse, fez um paralelo com a máxima de que o mercado produtivo tradicional só começa o ano depois do carnaval: “Nosso ano no Sistema só começa após este Encontro, pois é nele que são desdobradas as eleições para o Cden, para o Colégio de Presidentes e para as Câmaras Especializadas, que irão demandar, ao longo do ano, os trabalhos e desafios que teremos de transformar em ações para os profissionais que têm a expectativa de um ano melhor ainda do que o ano que passou".

Novos rumos do Sistema: Perspectivas para o futuro

Além de sua fala de boas vindas, quando destacou que “essa ação institucional (o Encontro) se torna cada vez mais determinante para nortear nossas ações ao longo do ano”, o presidente do Confea proferiu palestra sobre os novos rumos e as  perspectivas para o Sistema Confea/Crea e Mútua. Para ele, um dos principais pontos que o Sistema precisa enfocar em suas ações são os futuros profissionais. Tadeu questiounou: “O que o Sistema pode oferecer aos novos profissionais?”. E pontuou alguns fatos de anos anteriores que causaram relevante impacto no Sistema e que ainda trarão consequências, mas que, segundo ele, “servirão para nos fortalecer”. Tadeu, que definiu sua palestra como uma “reflexão”, destacou alguns princípios que serão fundamentais para o futuro e sustentabilidade do Sistema, como a busca por caminhos mais amplos, mas sem deixar de lado o específico, não se colocar em primeiro plano as questões corporativas e a realização de ações que efetivamente posicionem o Sistema perante à sociedade e os poderes constituídos.

Entrega de certificados aos coordenadores de Câmaras e selos alusivos aos 80 anos do Sistema

Os coordenadores de Câmaras Especializadas de 2013, que encerraram suas gestões, receberam das mãos do presidente do Confea o certificado de seus mandatos. Os conselheiros federais e os presidentes de Creas receberam uma réplica do selo alusivo aos 80 anos do Sistema Confea/Crea e Mútua, data comemorada em dezembro do ano passado.

O 3º Encontro de Representantes do Sistema segue até a quarta-feira, com palestras, reuniões e todos os serviços oferecidos pelo Confea e pela Mútua.


Conselheiros federais recebem réplica do selo alusivo aos 80 anos do Sistema Confea/Crea e Mútua


Os presidentes dos Creas também foram agraciados com o a réplica
 

 

Fonte: Acme/Mútua

Fotos: Flávio Mottola (Acme/Mútua)

Compartilhe essa postagem:

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.