Prefeitura é autuada em Mato Grosso por falta de engenheiro em obra do Porto

Crea-MT apontou falta de técnico responsável por obra de revitalização. Obra executada pelo município está avaliada em R$ 28 milhões

A Prefeitura de Cuiabá foi autuada pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Mato Grosso por supostas irregularidades na obra de revitalização da orla do Porto, na capital. Segundo o Crea, a obra não tem registro no órgão e ainda não possui engenheiro técnico responsável. A multa para esse tipo de falha, mas a prefeitura tem um prazo de 30 dias para recorrer e regularizar essa situação.

 A assessoria da prefeitura informou que a obra está regular e que o Executivo municipal ainda não foi notificado pelo Crea. A empresa responsável pela obra, avaliada em R$ 28 milhões, também foi multada. O projeto "Porto Cuiabá" foi lançado pela prefeitura com o intuito de revitalizar a região portuária da cidade.

 Esse não é o único problema da obra. Há possibilidade de que não fique 100% pronta até a Copa do Mundo, em junho deste ano. Na avaliação do secretário de Governo do município, Fábio Garcia, além de o projeto não ter compromisso formal de estar concluído até o evento mundial, as obras devem ser executadas em várias frentes e nem todas necessariamente devem estar finalizadas até junho.

 O bairro do Porto é um dos mais tradicionais de Cuiabá e as intervenções do projeto que leva seu nome devem se concentrar numa faixa de 1,3 km entre a Ponte Nova e a Ponte Júlio Müller, duas das principais ligações com o município de Várzea Grande, região metropolitana da capital. O trecho abrange espaços como o Museu do Rio e o atual Aquário Municipal, que deve ser ampliado.

 Com a ideia de incentivar que a população volte a usufruir da orla, o prefeito Mauro Mendes classificou a execução do projeto como uma “corrida contra o tempo” ao anunciá-lo em agosto do ano passado com pretensão de que já estivesse pronto durante o evento da Fifa.

 

Fonte: Jornal Cenário MT

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.