Novos conselheiros de Engenharia e Agronomia participam de sessão plenária extraordinária nesta quinta-feira

Os novos membros do plenário do Confea concluem o treinamento iniciado na última terça-feira, ao início da sessão plenária extraordinária, marcada para esta quinta-feira (9/1). O treinamento foi organizado para acolhimento e orientação dos novos conselheiros federais de Engenharia e Agronomia sobre as rotinas do Conselho e sobre os principais assuntos deste início de ano, além de procedimentos técnicos como o uso do software de votação. Entre os destaques do nivelamento de informações está o projeto de resolução que propõe nova regulamentação de atribuição de títulos profissionais, substituindo a Resolução nº 1.010.

Em discussão na Comissão de Educação e Atribuição Profissional (Ceap), este dispositivo foi esclarecido pelos conselheiros José Geraldo Baracuhy e Walter Logatti, coordenador e coordenador-adjunto da Ceap, respectivamente, e ainda pela conselheira Ana Constantina Sarmento, membro da comissão, no início da tarde desta quarta-feira (8/1). Para Baruchy, a legislação é completamente caduca em um mundo que se moderniza. “Como Logatti colocou, a extensão da formação deve ser fundamentada no conteúdo”, ressaltou.

A substituição da 1.010 recebeu questionamentos do conselheiro pernambucano Leonides Alves. “Concordo com tudo o que foi exposto, mas a primeira coisa que a gente precisa é discutir a tese. Precisamos estancar essa disputa por atribuições. Outra coisa extremamente saudável é que as universidades vão ter que se antenar com tudo. No entanto, temos que discutir a tese inicialmente”, sugeriu. “Muito mais importante agora é a tese, a hermenêutica do processo para que tenhamos os 10 votos necessários para a aprovação da matéria. Só assim poderíamos ‘presentear’ a engenharia brasileira com esta resolução compatível com a nova realidade brasileira”, argumentou Baracuhy. A defesa da 1.010 foi acompanhada pelo conselheiro  Antônio Roberto Martins. “Quero sugerir que esta matéria seja objeto de uma reunião específica, até mesmo de um grupo de trabalho, para haver o entendimento das teses para que, daí, a gente marche firme para a definição e colocação em prática deste assunto que já vai completar uma década e que é, inclusive, um ponto difamatório para o Confea”.

Especialistas da GTI orientam os novos representantes

O treinamento dos novos conselheiros do Confea, na noite desta quarta-feira, foi marcado pela orientação de titulares e suplentes a cerca da autenticação para o acesso ao sistema Confeanet e suas interfaces, sob a orientação dos especialistas da Gerência de Tecnologia da Informação (GTI) e da assistente da mesa de trabalhos do plenário, Clécia Abrantes. Devido a um problema técnico, não foi possível concluir promover a simulação da sistemática de votação eletrônica, remarcada para o início desta quinta-feira.

 

Fonte: Confea

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.