Novos conselheiros federais participam de treinamento no Confea


Oito novos conselheiros federais titulares e suplentes participam de treinamento e Plenária Extraordinária

Nesta quarta-feira (8) acontece o segundo dia do treinamento realizado pelo Confea com os novos conselheiros federais, que assumiram o mandato no dia 1º deste mês. A preparação, que termina na quinta-feira, visa orientar os novos conselheiros sobre as rotinas do Conselho e sobre os principais assuntos deste início de ano. Entre os destaques do nivelamento de informações está o Projeto de Resolução que propõe nova regulamentação de Atribuição de Títulos Profissionais, substituindo a Resolução nº 1.010.

O engenheiro civil José Tadeu, presidente do Confea, explicou que o treinamento, dividido em duas etapas (a segunda será realizada nos dias 20 e 21), além de situar os novos conselheiros federais com a rotina de trabalho do órgão, tem como foco principal a integração desses profissionais ao universo do Plenário. “Adotei na minha gestão essa postura de trazer os novos conselheiros para, logo no início do ano, participarem desse treinamento. Mas o ponto principal disso é demonstrar para aqueles que estão chegando o acolhimento do Conselho Federal e, também, dos demais conselheiros, com quem eles vão conviver durante todo o ano”, destacou Tadeu.


Presidente José Tadeu (ao centro): acolhimento do Conselho Federal aos novos conselheiros. À esquerda, o superintendente de Integração do Sistema (SIS), engenheiro civil José Gilberto Campos, e à direita o vice-presidente do Confea, engenheiro mecânico Júlio Fialkoski


O diretor administrativo da Mútua, engenheiro agrônomo Luiz Alberto Freitas Pereira, o diretor de Benefícios da Mútua, engenheiro agrônomo Ricardo Antonio de Arruda Veiga, e o presidente da Mútua, engenheiro agrônomo Cláudio Calheiros, marcam presença no Confea e acompanham a reunião com os conselheiros

No treinamento, os novos conselheiros terão acesso a mais detalhes sobre o funcionamento das Comissões Permanentes da Casa – Comissão de Articulação Institucional do Sistema (CAIS), Comissão de Controle e Sustentabilidade do Sistema (CCSS), Comissão de Educação e Atribuição Profissional (CEAP), Comissão de Ética e Exercício Profissional (CEEP), Comissão de Organização, Normas e Procedimentos (CONP), sobre as Comissões Especiais, além de conhecerem melhor a estrutura organizacional do Confea, que inclui as superintendências de Integração do Sistema (SIS), Administrativa e Financeira (SAF), e de Estratégia e Gestão (SEG) e as respectivas gerências. Ao final, na quinta-feira, também haverá uma Sessão Plenária Extraordinária, cuja pauta será bem enxuta, o que proporcionará, de certa forma, que os novos conselheiros se preparem para as próximas sessões, que terão um volume maior de trabalho.

Os novos conselheiros que representam o Crea-RN são o engenheiro agrônomo Mário Varela Amorim (titular) e o engenheiro agrônomo Emmanoel Mateus Alves Costa (suplente). Do Crea-PE, os conselheiros são o engenheiro civil Leonides Alves da Silva Neto (titular) e o engenheiro civil Evandro de Alencar Carvalho (suplente). Do Crea-GO, o titular é o engenheiro mecânico Paulo Roberto Lucas Viana e o suplente é o engenheiro mecânico Juarez Batista de Faria. E do Crea-SP, o titular é o engenheiro eletricista Jolindo Rennó Costa e o suplente o engenheiro eletricista Antônio Roberto Martins.

Mútua recebe inscrição de novo conselheiro

O recém-empossado conselheiro federal engenheiro civil Leonides Alves da Silva Neto é o mais novo associado da Mútua, passando, assim, a fazer uso dos inúmeros serviços que a Instituição oferece. Sua inscrição na Mútua foi feita durante o treinamento no Confea. O conselheiro enfatizou que é de extrema relevância a total integração com o Sistema, inclusive fazendo parte da Mútua.

“É preciso participar, já que vou analisar e julgar tantas questões relacionadas à Mútua, nada mais certo do que me associar à Instituição. Já comecei até a me informar sobre os diversos benefícios que a Caixa de Assistência oferece, como o plano de previdência privada, tanto para mim, quanto para outros profissionais que fazem parte da minha empresa”, ponderou. Leonides ainda comentou que sua atuação no Plenário do Confea terá um espaço destinado à Mútua. “Como conselheiro federal, um dos itens específicos sobre a Mútua que pretendo trabalhar neste mandato é a questão da descentralização administrativa e financeira”, explicou.

 

Fonte: Acme/Mútua

Fotos: Alline Abreu – Acme/Mútua

Compartilhe essa postagem:

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.