Curitiba sedia Congresso Brasileiro de Engenharia Civil

Engenheiros civis e dirigentes do Sistema Confea/Crea e Mútua participam hoje (6) do segundo dia do 19º Congresso Brasileiro de Engenharia Civil (Cbenc), realizado no Instituto de Engenharia do Paraná (IEP), em Curitiba (PR).

O Cbenc, que tem como foco a discussão dos rumos da Engenharia Civil nacional, vai até sábado e está inserido na programação da Semana de Engenharia 2013. O presidente da Mútua, engenheiro agrônomo, Cláudio Calheiros, é uma das lideranças do Sistema que marcam presença no evento.

 “As lideranças nacionais aqui reunidas têm o desafio de estabelecer um norte para as ações que promoveremos em defesa de nossas profissões”, disse o presidente do CREA-PR, engenheiro civil Joel Krüger. “De um lado, temos um cenário otimista, com a previsão de altos investimentos em infraestrutura. De outro, ameaças como a entrada de profissionais estrangeiros e projetos de lei em andamento no Congresso relacionados às nossas atribuições profissionais. Daí a importância de termos um posicionamento coletivo e uma orientação sobre os rumos que a engenharia civil deve tomar de 2014 para frente”.

“A ABENC é o baluarte da engenharia civil no País”, iniciou o presidente do CONFEA, engenheiro civil José Tadeu da Silva. “Dados recentes apontam que os quadros públicos de países desenvolvidos têm 80% de sua ocupação por profissionais da Engenharia. Isso é prova que a Engenharia é responsável pelo desenvolvimento e progresso de um País, uma resposta às duras críticas recebidas recentemente, proferidas pelo ministro da Aviação Civil”, concluiu.

“Este evento prestigia o quadro da ABENC e nossos profissionais locais”, explicou o presidente da ABENC nacional, engenheiro civil Francisco Ladaga, informando que a engenharia civil é a maior profissão dentro do Sistema CONFEA/CREA, representada por mais de 200 mil profissionais. Ladaga, que também é conselheiro federal, entregou homenagens da ABENC aos presidentes Krüger, Tadeu da Silva e ao engenheiro civil Carlos Alberto Kita Xavier (presidente do CREA-SC), em reconhecimento a defesa das profissões, com foco para a ação impetrada na justiça contra a Resolução n˚ 51 do CAU (Conselho de Arquitetura e Urbanismo), vencida em sua primeira etapa.

Também acompanham o evento o presidente do IEP, engenheiro civil Cássio José Ribas Macedo (anfitrião do evento), o secretário municipal de Planejamento Fabio Scatolin (representando o prefeito Gustavo Fruet), e o presidente da ABENC-PR, engenheiro civil Guilherme Cavalcanti Bezerra.

 

Fonte: Acme/Mútua – Com informações do Crea-PR

Compartilhe essa postagem:

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.