Estande da Mútua no XXVIII CBA foi bastante visitado. Evento termina hoje


Cerca de mil pessoas visitaram o estande da Mútua no XXVIII CBA, nos quatro dias do evento

O XXVIII Congresso Brasileiro de Agronomia (CBA), realizado em Cuiabá (MT), reúne, desde a última terça-feira (19), cerca de dois mil congressistas, entre profissionais, estudantes e dirigentes de entidades e instituições representativas da área.

O diretor-presidente da Mútua, engenheiro agrônomo Cláudio Calheiros, o diretor de Benefícios, engenheiro agrônomo Ricardo de Arruda Veiga, e o diretor administrativo, engenheiro agrônomo Luiz Alberto Freitas Pereira, participaram de todo o evento, que acontece no Centro de Eventos Pantanal e tem encerramento marcado para hoje às 18h.

A Mútua montou estande na Feira da Agroindústria Saudável (FAS), que é realizada paralelamente ao Congresso. O estande, sempre muito procurado – cerca de mil pessoas já passaram por lá – os profissionais podem conhecer melhor a Mútua e seus benefícios e ainda podem realizar a inscrição e associar-se à Caixa de Assistência.

Tido como o maior Congresso da Agronomia desde 1935, o XXVIII CBA discute “Segurança alimentar e nutricional”, em busca de soluções integradoras, que aliem quantidade e qualidade.


Movimentação no estande da Mútua

 

Diretor da Mútua participa da 1ª Reunião dos Conselheiros Federais e Regionais e Profissionais da Agronomia

Uma inovação nesta edição do evento é a realização, em conjunto com o CBA, da 1ª Reunião dos Conselheiros Federais e Regionais e Profissionais da Agronomia, cujo objetivo é a integração dos profissionais e a discussão de temas pertinentes à área.

O diretor de Benefícios da Mútua, Ricardo de Arruda Veiga, compôs a mesa de abertura da reunião, representando, junto com o conselheiro federal suplente, engenheiro agrônomo Daniel Salati Marcondes, o presidente do Confea, engenheiro civil José Tadeu. Veiga destacou a importância do fortalecimento da Agronomia dentro do Sistema e parabenizou o Conselho Federal pela promoção do encontro. “É a primeira vez que o Confea reúne todos os conselheiros de agronomia. Esta edição do Congresso é referência pela quantidade de profissionais e estudantes presentes. Tadeu conseguiu isso”, afirmou Veiga.

A 1ª Reunião dos Conselheiros Federais, Conselheiros Regionais e Profissionais da Agronomia, do Sistema Confea/Crea e Mútua foi determinada pela Decisão Plenária nº 982/2013 e marca os 80 anos da regulamentação da profissão de agrônomo, comemorados em 12 de outubro.

Profissionais debatem propostas

Os participantes do XXVIII CBA assistiram a diversas palestras, peineis e conferências sobre o tema do evento e ainda sobre legislação, fiscalização e ética na Agronomia, que servem de base para as ações desenvolvidas pelos grupos de trabalho (Ética, Fiscalização e Legislação) ao longo do evento.  A partir disso, os agrônomos debateram questões atreladas aos três temas e entregaram propostas por escrito, que foram votadas ontem.

De 21 propostas discutidas, 14 foram aprovadas pelos participantes. Divididas em três grupos – Ética, Legislação e Fiscalização – as propostas de alteração na legislação foram as que mais suscitaram debates. Foram nove aprovadas, de doze. Das seis propostas do grupo Ética, duas foram aprovadas e quanto às propostas de fiscalização, todas as três foram unanimidade. Entre elas, estava uma proposta de que os engenheiros de pesca possam ser responsáveis técnicos por indústrias de pescado, atribuição hoje garantida apenas aos médicos veterinários.

Após dois dias de debates, hoje, a Plenária Final dos trabalhos define as proposições prioritárias e elabora a Carta de Cuiabá.

 

 

Fonte: Acme/Mútua – com informações do Confea

Fotos: Caixa MT

Compartilhe essa postagem:

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.