Estudo para implantação de gestão eletrônica de documentos e processos do Sistema tem participação da Mútua

Estudar, planejar e implantar em conjunto um Sistema Corporativo Integrado reunindo os 29 bancos de dados de profissionais e de empresas do Sistema Confea/Crea e Mútua são os desafios da Comissão Temporária e do Grupo de Trabalho que têm 180 dias para cumprir a meta de desenvolver uma Gestão Eletrônica de Documentos e Processos.

Propostos pelo Colégio de Presidentes (CP) e aprovados na Sessão Plenária nº 1436, de setembro último, a Comissão e o GT – reunidos pela primeira vez ontem (12), na sede do Conselho Federal, em Brasília – pretendem adequar, dinamizar e valorizar as atividades dos Creas e do Confea. A criação de um Sistema Corporativo Integrado compõe o conjunto de iniciativas previstas no Plano Anual de Trabalho – PAT 2013/2014.

Ao analisar as propostas do CP, o plenário federal considerou o argumento de que  “atualmente, esses bancos de dados estão disponibilizados, porém não sistematizados, não só com inúmeras informações importantes para a fiscalização do Sistema, mas também para órgãos governamentais de controle e fiscalização”. Os presidentes regionais acreditam que a iniciativa vai garantir a qualidade e a eficiência dos serviços, a unificação e melhoria de processos, o adequado armazenamento e utilização dos dados e das informações, bem como a comunicação entre os Creas.

Coordenado pelo presidente do Crea-BA, Marco Antonio Amigo, o grupo é composto por cinco presidentes de Creas (um por região – AM, MS, BA, RS e RJ) e seus respectivos responsáveis pelas áreas de Tecnologia da Informação; um conselheiro federal; o diretor de Tecnologia da Mútua, engenheiro eletricista Antonio Salvador da Rocha; um representante da SIS; um representante da GTI e um analista da GCI. Ontem e hoje aconteceram reuniões do GT e, pela Mútua, esteviveram presentes o gerente de Tecnologia da Informação, Lúcio Aparecido dos Anjos, que participa do grupo como suplente do diretor de Tecnologia da Mútua, e o assessor de TI, Rodrigo Santiago Lima.

 

Fonte: Confea

Compartilhe essa postagem:

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.