Assistentes técnicos discutem padronização de procedimentos do Sistema

Teve início ontem (17), o 2º Encontro Anual dos Assistentes Técnicos do Sistema Confea/Crea e Mútua.  O evento, que é realizado pela Comissão de Ética e Exercício Profissional (Ceep), reúne até hoje 50 profissionais dos Regionais, além dos assistentes do Federal, para discutirem a uniformização de análise de processos do Sistema.
Na abertura do encontro, o presidente do Confea, engenheiro civil José Tadeu, enfatizou a importância de uniformizar procedimentos a fim de cumprir metas do Sistema. “Sabemos das diferenças entre as regiões, mas devemos trabalhar com unidade de ação especialmente no cumprimento da missão do Sistema em todo o território nacional, não permitindo que profissionais não habilitados realizem atividades de Engenharia e Agronomia”, afirmou.
Ainda sobre padronização de procedimentos, José Tadeu apresentou a Resolução 1.048/13, que trata das áreas de atuação e atividades dos profissionais do Sistema. “A proposta dessa publicação, que está disponível no site do Confea, foi reunir toda a legislação do Sistema relacionada a atribuições. Temos que defender as prerrogativas dos profissionais, que estão previstas nas leis”, pontuou o presidente do Confea.
Aos profissionais dos Creas, o coordenador da CEEP, conselheiro federal e engenheiro eletricista Marcos Vinícius Santiago, adiantou que o encontro será uma oportunidade para compartilhar informações e expor experiências de análise de processos. “A partir daí, vamos colher subsídios para elaborar normativos mais objetivos e que permitam facilitar e uniformizar procedimentos realizados pelos assistentes técnicos. Assim vamos fortalecer o Sistema que é um só”, explicou o coordenador.

Fonte: Confea

Deixe seu comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado.